Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
5 Pães & 2 Peixes
A Superação do Subdesenvolvimento Econômico
Categorias
Economia, Filosofia / Religião
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 8972 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 36,57
Valor total:
R$ 36,57
Versão
ebook
R$ 13,28
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 36,57
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O presente trabalho situa na área da

Economia e Complexidade. Tem como tema

Economia e Espiritualidade. Faz parte de um

plano de pesquisas iniciado em 2003

denominado por mim de “Reencantar o Mundo”.

Possui como problema responder se é possível

superar o fenômeno do subdesenvolvimento

econômico?

Nosso objetivo maior consiste em

construir uma ligação entre Economia e

Espiritualidade e, nosso objetivo geral consiste

em apresentar um modelo de desenvolvimento

econômico a partir da ação de Jesus Cristo no

milagre da multiplicação dos pães.

A Hipótese que nos orienta atesta que a

partir da ação de Jesus Cristo. Ou seja, a de

tomar o excedente de um lado e dividi-lo com os

famintos de outro, pode-se definir um modelo de

Fundação Autosustentável (FA) que, ao ser

colocado em prática possa alterar as estruturas

excludentes da sociedade. Rompendo, numa fase

avançada, com as condições de

subdesenvolvimento econômico. Em outros

termos, re-configurando o modo de produção

capitalista.

A hipótese auxiliar defende que esta

Fundação Autosustentável ao entrar no mercado

com uma atividade econômica, realizando lucros

(captando excedente) e num segundo momento

reinvestido uma fração destes lucros em políticas

de expansão da atividade econômica da

fundação e outra fração em políticas sociais a um

determinado público-alvo; além de elevar a

renda e emprego: a) ao entrar no mercado; b)

ao reinvestir uma fração dos lucros na atividade

econômica e, c) ao reinvestir outra fração dos

lucros em políticas sociais. Poderia ainda, devido

a sua extrema política de responsabilidade

social, apresentar a tendência de adquirir a

fidelidade dos consumidores que, por sua vez,

reduziria o poder de mercado de empresas

capitalistas, concorrentes e rivais; criando

obstáculos à sua entrada e permanência em

determinados setores e, numa fase avançada

ao elevar a acumulação interna da economia,

romper com condições que tornam o

subdesenvolvimento econômico num fenômeno

irreversível, ou seja, rompendo com o

intercâmbio desigual entre paises, a fragilidade e

a vulnerabilidade financeira. Enfim, com o

fenômeno da dependência econômica.

Características
Número de páginas 111
Edição 1 (2009)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
João Batista da Silva Oliveira

Graduado em Ciências Econômicas, Estudante de Teosofia desde 1996 e editor do site ecomplex

Comentários
0 comentários