Até que voltem as comadagas
Categorias
Poesia, Literatura Infanto Juvenil, Ficção e Romance
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 860 vezes desde 17/02/2018
Versão
impressa
R$ 53,87
Valor total:
R$ 53,87
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 53,87
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Sinopse

A tarde estava muito fria, o que era comum no mês de maio. Poucos lampiões de gás substituíam o sol que chegava à cidade como se estivesse cansado, iluminando molemente uns poucos raios dourados o pátio da escola, acinzentando os vários verdes da serra.

Finalmente, o Diretor deu início à apresentação dos melhores alunos, sem colocá-los em uma ordem cronológica. Seriam feitos discursos com um número de palavras preestabalecido e outros tantos de agradecimentos. E assim se fez.

O sol desapareceu deixando a festa sem colorido. A noite chegou sem trazer o luar, deixando os alunos mal iluminados.

Estávamos todos muito tensos, minha família e eu. A partir de então, tudo aconteceu muito rápido.Com todos os dedos cruzados em figa e olhos brilhantes. Do nosso lado, conhecidos e desconhecidos que me olhavam carinhosamente, e a alguns metros à minha direita estavam aqueles a quem eu mais amava.

Encontrei os olhos grandes, brilhantes e cheios de amor da minha mãe; senti mais próximos o Quincas, a Aninha, a torcida silenciosa dos tios e primas e os olhos castanhos e cheios de brilho da minha vovó, ainda que fossem o brilho das lágrimas, e apertava uma mão contra outra na direção do peito como se com aquele gesto me transmitisse sua força e sua fé.

Comecei a sentir uma enorme angústia. Fechei os olhos com força. Quando os abri em busca das comadagas, vi alguns extratos de luz, reflexos rápidos. Alguns vermelhos, outros verdes, azuis, dourados e centenas de prateados. Estavam juntos e próximos para salvarem meus medos do sucesso ou do fracasso.

Olhei na direção do palanque, e vi somente o vazio. Mais uma vez, fechei os olhos com força, e ao abri-los haviam somente alguns reflexos rápidos. As comadagas voltaram por minutos, segundos talvez, mas a voz dele ecoava mais e mais lenta, metálica, distante como se viessem do além.

Características
ISBN 978-85-924487-0-7
Número de páginas 296
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
1 comentários
monica conte campello
Sexta | 09.03.2018 às 16h03
Olá, pessoal, tudo bem? Eu sou a Monica Campello, autora aqui no Clube de Autores. Atuei como revisora, capista e ilustradora do livro "ATÉ QUE VOLTEM AS COMADAGAS" de Maria Mattos, a nossa mais nova escritora brasileira. Eis o endereço eletrônico para aquisição do livro: https://www.clubedeautores.com.br/book/250192--Ate_que_voltem_as_comadagas#.WqLVuWrwbIU?&_=0