Café
Categorias
Literatura Nacional, Aventura
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5291 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 35,18
Valor total:
R$ 35,18
Valor total:
R$ 35,18
Sinopse

Um pouco de tudo sobre o café (história, curiosidades, receitas, músicas, poemas, simpatias...) inserido num romance que aborda um bom "pedaço" da História do Brasil.

Júlio perde o emprego ao tempo em que Pearl Harbour é atacada. Seu único bem é um terreno na serra para onde costuma fugir do calor e da correria do Rio de Janeiro. Seu amigo Ademir sugere que ele invista no café da sua roça, que é tido como de ótima qualidade. E que não se preocupasse com a quebra do café na Bolsa de Nova Iorque pois que para o sofisticado, o luxo, o caro, não há crise. Ademir se propõe a ajudar a distribuir no Ministério que trabalha e em outros órgãos aproveitando-se dos bons relacionamentos que tem. Orienta Júlio para que ele contrate trabalhadores oriundos do Eixo, antevendo a entrada do Brasil na guerra. Uma família Alemã e uma Italiana são recrutadas com a promessa de uma ajuda de custo até que a produção comece a ser escoada. O Brasil declara guerra ao Eixo e Júlio diz aos trabalhadores que não pode mais pagar a ajuda de custo e que eles podem ir embora mas lembra-lhes que são considerados inimigos e que , lá fora, a vida não lhes será fácil. Porém, se quiserem podem ficar e que continuem plantando para o sustento e fornecendo-lhe o café que já estava sendo servido até no Palácio do Catete. Assim Júlio tem uma mão-de-obra escrava e ainda posa de bom mocinho. Mas, mesmo a contra-gosto de Júlio e Ademir, a guerra acaba e as relações de trabalho têm que ser revistas já que os trabalhadores haviam se organizado em cooperativa.

Características
Número de páginas 182
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Jorge Amaral de Oliveira

Jorge Carlos Amaral de Oliveira

Nasceu no Rio de Janeiro, a 23 de Julho de 1952. Despertou para as artes no Estado do Acre, na Amazónia Brasileira, o que o levou a abandonar o curso superior de Geografia para, a tempo integral, lançar mão das mais variadas formas de expressão artística e, através delas, gritar a sua indignação contra as injustiças para com as gentes e as matas do Acre. Ao profissionalizar-se nas artes cénicas, adoptou o pseudónimo de João Maiara e, em 1995, por sugestão do pintor Zé Cordeiro, passou a assinar os seus desenhos como Mané do Café. Fez de tudo nas artes e ainda foi jornalista, professor e animador cultural.

BIOBIBLIOGRAFIA

• O PORTUGUÊS OU ESCRAVOS DA ESPERANÇA (romance), Campo das Letras, Porto. Prémio Edmundo Bettencourt – Prémio Literário Cidade do Funchal/2002, Madeira, Portugal.

• WAS BACH BRAZILIAN? - O PUTO DO ADUFE OU O INVENTOR DO BAIÃO (romance, em parceria com Mucio Sa), Editorial Teorema, Lisboa. Prémio FNAC/ Teorema, 2004, Lisboa.

• MÄI YUSHÎ-O ESPÍRITO DA ALDEIA (conto), edição de leitor pela Editorial Teorema, Lisboa. Prémio António Paulouro 2007, Câmara Municipal do Fundão, Portugal

• PUNK ROCK & CIA. OU O GRANDE GASTÃO UM ROMANCE PIMBA POR ESTÊVES OLIVEIRA (romance, em parceria com Luis Morgadinho), Edição de personagens sob a chancela das editoras Pangeia e Teorema, Lisboa.

• WAS BACH BRAZILIAN?… (em castelhano. Tradução de Ana Marquez) Edições Mimeógrafo, Lisboa.

• O LADRÃO DE SONHOS (contos e crónicas), Academia da Edição, Lisboa.

• QOMUNIQASSÃO I ESPRESSÃO – UM ARTIGU QOMUINTUMOR DI JORGE QARLUS, Fundação Cultural do Acre.

• CARNAVAL – 8 NOVAS CANÇÕES, edição de autor.

• CAFÉ – AS RECEITAS DO MANÉ (em várias línguas), edição de autor.

• DONA PETA – CONTO MINHA VIDA (romance em forma de entrevista), edição de autor, Lisboa.

• COLECTÂNEA DE POESIAS ACREANAS, Casa do Poeta do Acre – (com o 3º lugar no Concurso de Poesia da Casa do Poeta do Acre).

• POESIA ACREANA (colectânea) Cia. Teatro 4º Fuso e Universidade Federal do Acre.

• SOU HOMEM DE XAPURI CABRA MACHO PRA LASCAR/TRANSFORMAÇÕES (Literatura de Cordel) Edição de autor (clandestina), Rio Branco.

• DO NORTE E DO SUL (cordel) Edição de autor, Rio Branco.

• DE COMO, QUANDO E PORQUÊ O PROFESSOR ACREANO VENDEU CASTANHAS (cordel em parceria com vários autores) Edição ASPAC (Associação dos Professores do Acre).

• A PELEIA DE JORGE E NORMÉLIA COM… (cordel) Edição de autor, Rio Branco.

• POESIA CASEIRA, Fundação Cultural do Acre.

• NORMÉLIA-POEMA VIVO, edição de autor, Rio Branco.

• UM POEMA E OUTRAS BRINCADEIRAS, edição de autor, Lisboa e Rio Branco.

• UM NARIZ PARA O REI (farsa adaptada do conto homónimo de Jack London. Editada pela Fundação Cultural do Acre e publicada no jornal A Nova Democracia, Rio de Janeiro).

• COLECÇÃO MAIS CINCO PINTORES (contos avulsos), edição de autor, Lisboa.

• OS ROMANOS NA AMÉRICA (conto), publicado no nº 1 da revista Itinerâncias, Matosinhos, Portugal.

• AS AGRURAS DE BEIRALDO ALMA (romance), Teorema, Lisboa.

• Os cem melhores poemas do TOC140, Poesia no Twitter Ano II, (Coletânea de poemas) Fliporto Digital 2011, Carpe Diem, Pernambuco, Brasil.

• CAFEOPEIA-A GRANDE AVENTURA DO CAFÉ, em parceria com Edison Nequete, editora Sapere, Rio de Janeiro, Brasil.

• Os cem melhores poemas do TOC140, Poesia no Twitter Ano III (5º lugar), Fliporto Digital 2012, Carpe Diem, Pernambuco, Brasil.

• ANTOLOGIA TUPÃENSE (4º Festival de Literatura-Prêmio Nacional de Artes da Estância Turística de Tupã).

• ENQUANTO HÁ O MEDO (conto), publicado na revista Via Latina, número 12 – VI série, Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra, Coimbra, Portugal.

Curriculum completo em http://manedocafe.blogspot.com

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 30,59
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 32,00
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 31,55
Ebook
R$ 13,99
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,19
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 31,38
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 38,20
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 38,07
Impresso
R$ 44,86
Ebook
R$ 19,37
Impresso
R$ 31,06
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 48,14
Ebook
R$ 35,52
Impresso
R$ 35,19
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 35,19
Ebook
R$ 17,22
Comentários
0 comentários