DESASTRE AMBIENTAL:
Comunidade Morro do Bumba em Niterói
Categorias
Ecologia, Desastres Naturais, Conservação Ambiental e Proteção, Natureza, Geografia E Historia, Desenvolvimento Humano
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 623 vezes desde 05/02/2018
Versão
impressa
R$ 78,38
Valor total:
R$ 78,38
Versão
ebook
R$ 31,21
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 78,38
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O trabalho aborda o desastre ambiental na Comunidade Morro do bumba em Niterói, no ano de 2010 quando se abateu sobre a cidade, fortes chuvas ocasionando aproximadamente 250 vítimas e centenas de famílias desabrigadas. Chama atenção para as moradias construídas em áreas de risco, como declives e no caso em questão da Comunidade Morro do Bumba localizada no bairro Viçoso Jardim, antiga Fazenda do Saraiva, povoamento que se originou na divisão da Lei de Sesmaria no século XVI,após a expulsão dos franceses. Essa região após elevação á categoria de cidade e emancipação da cidade do Rio de Janeiro, no século XIX; passou a receber muitos imigrantes. Nos anos de 1960, a cidade recebeu muitas ocupações devido ao crescimento populacional e naquela região posteriormente foi instalado pelo governo local uma área reservada para receber todo o lixo da cidade, devido a desvalorização da área por ter sido no passado reduto do comércio de escravos cuja área não recebeu infraestrutura e melhorias para moradias. Passou a ser uma área abandonada para despejo de detritos e lixo. Com o passar dos anos o lixão fora desativado e ali surgiu as primeiras ocupações sobre uma área coberta por vegetação, que crescia sobre o lixo soterrado desenvolvendo-se uma grande comunidade, que após fortes chuvas, provocou-se um deslizamento devido o peso das estruturas construídas sobre o lixão, soterrando várias moradias com vítimas fatais.

Características
Número de páginas 31
Edição 1 (2018)
Formato A4 (210x297)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 90g
Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 103,45
Ebook
R$ 31,21
Comentários
0 comentários