Determinismo e Liberdade
A condição humana entre os muros da escola
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Educação, Filosofia, Livre Arbŕtrio & Determinismo
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1209 vezes desde 27/05/2017
Versão
impressa
R$ 75,62
Valor total:
R$ 75,62
Valor total:
R$ 75,62
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

"Uma lei ignorada é uma natureza, um destino (é o caso da relação entre o capital cultural herdado e o sucesso escolar); uma lei conhecida aparece como a possibilidade de uma liberdade." [Bourdieu]

Movimento, mudança, transformação e desenvolvimento, eis a correlação que, conforme assinala o trabalho em questão, impõe-se ao processo formativo-educacional, que longe de se caracterizar como um fenômeno que se circunscreve à monotonia sem fim de um ciclo constantemente repetido, não converge senão para as fronteiras que implicam na construção de uma verdadeira história, à medida que consiste em um projeto que não envolve senão o próprio homem que, a despeito do determinismo social, se sobrepondo à condição de sujeito livre imputada pelo pensamento filosófico e o seu elemento humanista espiritualista, emerge como um agente, uma “potência” determinante, segundo a leitura bourdieusiana.

Nesta perspectiva, discutindo o funcionamento do sistema escolar (entre a organização científico-técnica e a formação econômico-social) e o desafio da fundação de um novo homem (que cabe ao processo formativo-educacional corresponder em uma experiência objetiva que pressupõe consciência verdadeira e emancipação humana), “Determinismo e liberdade: a condição humana entre os muros da escola” traz como fundamento a sociologia “positivista-funcionalista” de Durkheim e a objetivação do social, o “individualismo metodológico” e a explicação compreensiva da sociologia de Weber e a teoria racionalista da ação social, o materialismo histórico e dialético de Marx e o antagonismo entre a essência social-objetiva da humanidade e a existência singular de cada indivíduo, o estruturalismo construtivista de Bourdieu e a articulação envolvendo o subjetivo e o objetivo, além de princípios da filosofia da educação de Adorno e da teoria crítica de Marcuse, convergindo para uma construção que, em última instância, impõe ao determinismo o conhecimento.

Características
ISBN 978-85-68078-03-7
Número de páginas 394
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 90g
Fale com o autor
Luiz Carlos Mariano da Rosa

Filósofo, Teólogo e Cientista da Religião, o Professor-Pesquisador Luiz Carlos Mariano Da Rosa tem como objeto de interesse a construção do conhecimento e a inter-relação que envolve as formas simbólicas constitutivas da “realidade” humana, tais como mito e filosofia, ciência e história, arte e linguagem, religião, entre outras, além dos princípios capazes de assegurar uma sociedade igualitária e uma ordem política baseada no interesse comum. Autor de uma produção acadêmico-científica de caráter interdisciplinar, multidisciplinar e transdisciplinar, que tem como principais áreas de investigação a Teoria do Conhecimento, a Filosofia da Educação, a Filosofia Política, a Filosofia da Religião e a Teologia Filosófica, o Professor-Pesquisador Luiz Carlos Mariano Da Rosa traz em seu currículo acadêmico diversos artigos científicos e vários livros publicados pelas editoras e revistas especializadas nacionais e internacionais.

Comentários
0 comentários