Entrevistas
Código do livro: 349953
Categorias
Educação, Hermenêutica, Não Ficção
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 478 vezes desde 05/12/2020
Versão
impressa
R$ 36,58
Valor total:
R$ 36,58
Versão
ebook
R$ 25,19
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 36,58
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Conforme certo modelo, diz-se que a matéria prima para a escrita está condicionada, por assim dizer, ao horizonte possível de alcance da percepção e ideação do escritor. Me refiro a este óbvio para reafirmar aquele “dito”, quase utópico, de que não há limites, dentro do bom senso, para a escrita tomar o que deseja como matéria prima, ou objeto da sua arte — antes, é uma questão do desejo. Mas, esta é uma visão romântica da autonomia do escritor, visto que o objeto da realidade, “objeta”, o “incomoda” ativamente. Ainda que muito centrado num projeto alongado, o escritor metódico se inquietará com o “diabo no olho do redemoinho”, rodando à sua janela. Os acontecimentos o agarram pelo pé — ainda assim ele pode ser seletivo em relação aos fatos. É impossível ficar indiferente à situação política e social do Brasil. A questão é de que modo “acomodar” certos elementos da feiura do tempo presente dentro do verso sem que este desande. Há vias de ação mais efetivas, quando se pensa em “alcance e audiência”. O momento urge postura, mesmo que aparentemente as categorias tradicionais da teoria política, não apresentem explicações razoáveis, eu acho. O tema é árido, mas não dá para ficar em cima de um muro que já não existe. De todo modo, a literatura é política si mesma, no sentido aristotélico, e é política forte, de destronar reis de carne e osso, e reis imaginários, sobretudo os reis internos, subjetivados.

Características
Número de páginas 70
Edição 1 (2020)
Formato Pocket (105x148)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
W. A. da Silva

Inicialmente a editora concentrava-se na produção literária realizada no Nordeste do Brasil, especificamente à publicação de literatura inspirada no Modernismo de 1922.

Nos últimos anos expandimos nosso perfil editorial objetivando publicar autores contemporâneos especialmente da América Latina. A nós juntaram-se autores singulares cuja obra excepcional e original traz um renovo à literatura moderna.

Como editores, nossa visão literária transita, em suma, entre “Catatau” de Leminski e “Invenção de Orfeu” de Jorge de Lima, e sempre rememorando Mário de Andrade, Lêdo Ivo, Drummond e Bandeira, Haroldo de Campos, Herberto Helder, Guimarães Rosa e Borges.

Nossa meta é a cooperação entre autores e editores para a exaltação da Literatura.

Se você gostou, poderá fazer qualquer doação pelo link abaixo:

https://www.paypal.com/donate?hosted_button_id=WJPLC3WKPAB8L

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários