Go_to_top Bar
Seu carrinho está
vazio
Olá

Clube de Autores é a maior comunidade de autopublicação da América Latina. Inicie agora!

Livro Fim dos Tempos: o Encoberto Descoberto

Apocalipse

Por: Darci Ubirajara Fraga Denunciar

Ajaxloader
por
R$ 49,40
por
R$ 12,92

Sinopse

De 2012 a 2019 (mais tardar de 2015 a 2022) veremos fenômenos catastróficos inimagináveis na Terra e no cosmo, e a destruição de tudo em 2019 (2Pe 3:10).

No seu livro, o autor faz uma releitura inédita e literal da história bíblica, como ela foi entendida desde o princípio (Rm 1:18-23).

Ele aborda de forma racional, concisa, direta e literal os fatos bíblicos; levando em conta que a nossa fé é racional (Rm 12:1,2), sem, portanto, fazer proselitismo, usar de dogmatismos e alegorias desnecessárias, que conduzem ao abstracionismo, misticismo e a um entendimento suprarracional dos fatos históricos bíblicos.

De uma forma responsável, pelos acontecimentos do passado que a Bíblia nos relata e, pela tradição cristão-judaica, ele DEDUZ que o tempo do fim ou APOCALIPSE está ocorrendo desde 2012 e finalizará entre 2019 e 2022.

Embora a maioria dos primeiros cristãos acreditassem na vinda imediata de Jesus, desde a sua ascensão aos céus no ano 37, esta expectativa arrefesseu-se a partir do ano 325.

Desde então, tornou-se cada vez mais lugar comum dizer-se: “Ninguém sabe o dia da vinda de Jesus, nem os anjos e nem o Filho, mas tão somente Deus-Pai” (Mt 24:36).

A história bíblica, em algumas passagens é dinâmica. O que Jesus disse no ano 35 (antes de sua crucificação no ano 36), atinente ao dia de sua vinda no fim dos tempos, é implicitamente esclarecido no ano 100, pelo próprio Jesus, através de seu Anjo, quando dá a saber a João no livro do Apocalipse, o que vai se suceder nos últimos dias:

De como os 4 anjos que estão atados junto ao rio Eufrates sabem e estão preparados para destruir a terça parte da terra numa determinada HORA, DIA, MÊS e ANO, pouco antes do soar da 7ª trombeta em 2019 (ou 2023), anunciando a presença de Jesus (Ap 9:13-15). É o Anjo de Jesus que ordena a estes quatro anjos esta destruição (Ap 7:1-3).

Jesus no final do ano 35, ainda não sabia o dia em que viria segunda vez à esta terra. Jesus disse, em um dia de sábado, entre os anos 33/34, que ele e seu Pai trabalhavam (Jo 5:17), ou seja: o plano de salvação estava ainda em processo de construção.

Jesus suou sangue e por segundos hesitou em continuar com este plano na sua oração ao Pai (Lc 22:39-44). Mas, por obediência ao Pai e por amor a nós, Jesus continuou, e tal plano foi concluído quando ele ressuscitou após ser crucificado e morto no ano 36.

E assim se cumpriu este plano de salvação de Deus Pai (Gn 3:15).

Se os discípulos tivessem feito esta pergunta depois que Jesus ressuscitou, certamente Jesus lhes teria dito em que hora, dia, mês e ano ele viria novamente.

Mas quis a sabedoria divina que não houvesse esta pergunta, para que ninguém ficasse por demais angustiado com os dois mil anos que teriam que aguardar esta segunda vinda.

Ainda antes de sua crucificação, Jesus incentivava-nos a estarmos vigilantes sobre o dia de sua vinda. Jesus disse-nos em que "tempo" se daria essa sua vinda, contando-nos a parábola da figueira, afim de orientar-nos nesta vigilância (Mt 24:32-44).

SOBRE O AUTOR

Darci Ubirajara Fraga

Darci Ubirajara Fraga, nasceu em Porto Alegre/RS, Brasil, em 09/01/1950.

É cristão: segue, crê e ama ao seu Senhor, Cristo Jesus.

Escreveu e publicou o seu único livro em outubro de 2010 intitulado FIM DOS TEMPOS: O ENCOBERTO DESCOBERTO expondo os fatos bíblicos, dentro do contexto da História Universal; descobrindo o que está encoberto (Mt 10:26) e demonstrando que esta História do homem chegou ao seu fim.

Já nos dias do apóstolo Paulo, como agora, as pessoas se deixavam levar pelas aparências (tanto pelo que ensina, quanto pela importância que tem) , e geralmente seguiam as instruções dos proeminentes e hipócritas "doutores da Lei" de Jerusalém, ou, aos mentirosos gnósticos (filósofos), amantes da pseuda-sabedoria de Atenas.

Paulo teve que lutar redobradamente para convencer as pessoas humildes e simples (recém convertidas ao cristianismo) à aceitarem a sabedoria de Deus, ainda que lhes parecessem loucura, pela pregação da salvação através da cruz (1Co 1:18-29).

Seguidamente estes novos conversos, induzidos pelos "teólogos e filósofos" daquela época, punham em dúvidas os ensinos de Paulo, pois fácil e inebriadamente se deixavam levar pelos ensinos de hipócritas ou dos pervertidos sábios deste mundo.

Paulo, um simples construtor de barracas, com o qual sustentava o seu ministério, abandonou a carreira de "doutor da Lei" no dia em que Jesus o arregimentou (2Tm 2:4). Mas, depois, no transcorrer de seu ministério, desabafando, rebateu à incredulidade daqueles que duvidavam de sua capacidade, dizendo a estes tais:

"Começamos, porventura, outra vez a recomendar-nos a nós mesmos ? Ou temos necessidades, como alguns, de cartas (diplomas) de recomendação para vós outros ou de vós? - Vós sois a nossa carta (diploma), escrita em nosso coração (e mente), conhecida e lida por todos os homens, estando já manifestos como carta de Cristo (existe alguém ou Universidade mais sábia do que Cristo?), produzida pelo nosso ministério, escrita não com tinta (ou impressão em Diplomas), mas pelo Espírito do Deus vivente; não em tábuas de pedras (ou papel), mas escrita em tábuas de carne, isto é, nos corações (e mentes) ... a nossa suficiência (capacidade) vem de Deus (de sua Sabedoria), o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, mas o Espírito vivifica." (2Co 3:1-6).

Categorias: Escatologia, Teologia
Palavras-chave: 14, abraão, anticristo, apep, apocalípse, asteroides, astrologia, belzebu, calendario, carbono, cometa, cristo, cristãos, daniel, datação, davi, do, dos, era, falso, fim, halley, isaias, israel, jesus, judeus, kukulkan, lucifer, maias, marte, meteoros, moises, mundo, nova, numerologia, palestina, papa, profetas, satanas, set, sodoma, tempos, vênus

Características

Cover_front_perspective
Número de páginas: 360

Edição: 1(2010)

Formato: A5 (148x210)

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Brochura c/ orelha

Tipo de papel: Offset 75g

Reconhecimento

Sobre o autor

Missing
Darci Ubirajara Fraga

Darci Ubirajara Fraga, nasceu em Porto Alegre/RS, Brasil, em 09/01/1950.

É cristão, segue e crê em Cristo Jesus, e frequenta tanto quanto possível a sua Igreja.

Escreveu e publicou o seu único livro em Outubro de 2010 intitulado FIM DOS TEMPOS: O ENCOBERTO DESCOBERTO pela editora http://www.clubedeautores.com.br/

sem pretensão a coisa alguma senão expor o seu discernimento dos fatos bíblicos, dentro do contexto da História Universal; descobrindo o que está encoberto (Mt 10:26) e demonstrando que esta História do homem chegou ao seu fim.

Como todas as pessoas sensatas, ele escolhe os seus líderes, escritores, etc., não pelo o que elas parecem que são, mas, por o que elas são. E só se sabe o que uma pessoa é, pelo o que ela diz e faz, e não pela sua beleza, jovialidade, sucesso, riqueza e seus canudos universitários.

Numa época em que um operário, Luiz Inácio Lula da Silva, que cursou só o terceiro ano primário, chega à presidência do Brasil, exerce este mandato e se reelege para o outro, e sai desta presidência com elevado índice de aceitação popular; bem como, após isto, recebe de países europeus o título de honoris-causa, e é convidado em todo mundo a dar palestras, num reconhecimento explícito que o mundo tem pela sua capacidade política e dom, então, como sempre foi ou deveria ser, não há mais espaço para se julgar as pessoas através de preconceitos, radicalismos, pedantismos, racismos e fobias de toda a ordem.

O apóstolo Paulo sustentou o seu sacerdócio, com os frutos do seu trabalho secular, como construtor de barracas.

Na sua época, mais do que agora, as pessoas se deixavam levar pelas aparências, e geralmente seguiam aos proeminentes "doutores da Lei" de Jerusalém, ou, os filósofos (gnósticos) amantes da "sabedoria" de Atenas.

Paulo era versado na sabedoria de Salomão, mas, não foi com ela que veio a ser, depois de Cristo, a pedra funtamental e estruturante do cristianismo, mas, pela sabedoria de Deus.

Ainda assim, Paulo teve que lutar dobradamente para convencer as pessoas humildes e simples (recém convertidas ao cristianismo, e que provinham do paganismo do império romano) à aceitar a sabedoria que Deus lhe deu, pois tais, seguidamente punham em dúvidas os seus ensinos, pois facil e inebriadamente se deixavam levar pelos ensinos dos gnósticos.

Não era fundamentalmente a "razão salomônica" dos "doutores da Lei", ou a "razão filosófica" dos gnósticos que inebriava e incentivava este povo simples a segui-los, mas, como agora, os títulos que eles possuiam.

Evidente que tais títulos que recomendavam um "sábio" a ser seguido, não era adquiridos e nem o eram como o são agora, pois, não haviam Universidades e nem Leis específicas para isto. Entretanto, o modo de qualificar esta pessoa, permaneceu através dos tempos... a grande maioria do povo julga a capacidade de uma pessoa pelas aparências... pelos títulos (canudos universitários) que elas tem.

Paulo, como num desabafo, diz a tais pessoas:

"Começamos, porventura, outra vez a recomendar-nos a nós mesmos ? Ou temos necessidades, como alguns, de cartas (canudos) de recomendação para vós outros ou de vós ? - Vós sois a nossa carta (canudo), escrita em nosso coração (e mente), conhecida e lida por todos os homens, estando já manifestos como carta (canudo) de Cristo (existe alguém ou Universidade mais sábia do que Cristo?), produzida pelo nosso ministério, escrita não com tinta (ou impressão em Diplomas), mas pelo Espírito do Deus vivente (Cristo), não em tábuas de pedras (ou papel), mas escrita em tábuas de carne, isto é, nos corações (e mentes) ... a nossa suficiência (capacidade) vem de Deus (de sua Sabedoria), o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança (nova ordem, novo conhecimento), não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica." (2ºCoríntios 3:1-6).

Modestamente, quero fazer destas palavras de Paulo, a minha apresentação.

- Julguem-me não pelo que eu aparento ser ... mas, por aquilo que faço, digo, escrevo e creio.


Comentários - 0 comentário(s)


Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


Como funciona

Passo 1

Você publica seu livro online, gratuitamente.

Passo 2

Você diz quanto quer receber de direitos autorais.

Passo 3

Nós vendemos e você recebe o dinheiro por depósito direto na sua conta.

Serviços profissionais

Conheça nossos serviços

São vários serviços para auxiliá-lo em sua obra:

Depoimentos

"Dou hoje meu testemunho para o site Clube de Autores por sua competência, solidariedade, capacidade criativa, e auxílio constantte a autores desconhecidos que, por essa generosidade e senso do que significa um espaço literário, estão plenamente engajados nesse projeto. Meus agradecimentos."

Regina Helena Sárapo

Formas de Pagamento (até 12x)

Segurança

Print


Clube de Autores Publicações S/A   CNPJ: 16.779.786/0001-27

Rua Otto Boehm, 48 Sala 08, América - Joinville/SC, CEP 89201-700