Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Garagem do Paraíso
Categorias
História Alternativa, Engraçado, Realismo Fantástico, Ficção, Drama
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 82 vezes desde 10/08/2020
Versão
impressa
R$ 52,92
Acabamento
Valor total:
R$ 52,92
Versão
ebook
R$ 33,37
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 52,92
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A poesia não-convencional de Leo Barth imprime-se no uso radical da linguagem formal, quase até o seu limite, contudo, mantém-se ainda dentro das estruturas frasais da forma poética mais usual (e este espécime linguístico radical, e por vezes absurdo, quer habitar insistentemente nesta “casa normal”, para lançar seus cômodos pelos ares). A “diferença” em questão no cerne da sua poesia é o que é dito, pelo uso extensivo de combinações e temas que, se idiossincráticos, são de pleno domínio do autor. Aqui ele faz emergi distintos elementos, os mais radicais, de suas vivências, por meio de uma construção específica de sentidos, pelo uso de imagens, ideias, lugares, situações e personagens.

É preciso dizer que o autor, sempre cônscio da margem de cada palavra que utiliza, às vezes percebe em uma ou outra uma normalidade excessiva de “vestir-se conforme a festa”, por causa disso, reveste-as de elementos novos que justificam uma vontade-de-neologismo. O autor — empoderado pela sua escrita e consciente do seu estilo — utiliza-se de aglutinações, fabulações, expressões codificadas, trocadilhos, inversões fonéticas, fissuras verbais, aliterações e montagens de palavras. Observamos também o uso de elementos gráficos e pontuações, de modo não convencional, certamente no intuito de construir sobre a página, junto ao poema, visualidades de caráter artístico.

Algumas vezes seus versos transitam pela prosa, todavia apenas para trazer de lá “fauna poética” por vezes exótica ou excêntrica e em alto contraste, fazendo que cada um dos seus poemas propicie uma experiência incomum e arrebatadora para o leitor. Com a presente obra Leo Barth traz à tona aquilo de definíamos como Vanguarda, e se insere nela.

Características
ISBN 978-65-874-2501-6
Número de páginas 74
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Polen
Fale com o autor
Leo Barth

É analógico nosso envolvimento com literatura.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 57,52
Ebook
R$ 33,37
Impresso
R$ 50,35
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 42,09
Ebook
R$ 29,06
Impresso
R$ 37,38
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 73,76
Impresso
R$ 50,66
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 58,91
Ebook
R$ 27,98
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 83,47
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 36,02
Ebook
R$ 18,30
Impresso
R$ 39,81
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 29,32
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 51,12
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 51,97
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 47,64
Ebook
R$ 17,64
Impresso
R$ 52,60
Ebook
R$ 11,84
Comentários
0 comentários