Linhas de Segmentaridade
Código do livro: 374295
Categorias
Poesia, Literatura Nacional, Filosofia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 128 vezes desde 15/05/2021
Versão
impressa
R$ 57,11
Valor total:
R$ 57,11
Versão
ebook
R$ 30,57
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 57,11
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Um livro de poesia pós-contemporânea, com versos abstratos e concretos, cheios de arte literária. Uma leitura filosófica, reflexiva, cheio de critica social e ao "eu", mas em uma linguagem pra lá de humorada.

Segmentaridade está muito além de ser um livro de poesia. São palavras alinhadas em uma lógica pós-contemporânea que nos traz mais que sentimentos, mas, reflexões: da vida, do mundo, do universo, enfim, filosóficas. Os trechos nos exigem um nível de intelecto apurado para compreender os significados e a mensagens e essa é a grande jogada desses versos e poesias que Breno nos apresenta.

Gilles Deleuze sugere a representação orgiástica da natureza, apelando a um Deus onipotente órfão de si mesmo, que ao se alienar na natureza teria produzido eventos potentes o suficiente para se entrelaçar, a fim de então recompor tal Deus.

Assim é tratada a dialética, teoria que subordinaria a experiência da diferença ao idêntico, como o universo que gesta a si mesmo a partir de uma Ideia onipotente, para então, se estilhaçar em uma nova gestação, em um ciclo sem fim.

Linhas de Segmentaridade trata-se de um livro de poesias ultra modernas que descreve este movimento dialético, buscando rompê-lo. A mais no universo que a mera repetição das experiências. Para tanto, apela aos movimentos puros de intensidade, em processos perceptivos, afetivos e intelectos. A percepção, como é narrada, busca incarnar no mundo os órgãos do sentido, sempre buscando movimentos transitórios de intensidade. Já o afeto, é compreendido como deixar-se tocar, estar aberto, ao devir da intensidade potente, aquilo que nos permite paixões ou angústia. Finalmente, o intelecto, está arrolado à experimentação, em oposição à interpretação, pois os versos narrados são experiências, aquilo que está no curto-circuito entre a razão e o sensível.

Em uma cadência ritmada, busca-se a harmonia, os segmentos, entre o puro caos-mor da experiência da diferença pura. Pois o universo tende a se diferenciar, tanto quanto se repetir. O prefiro ultra da qualificação ultra moderna do presente livro remete aos movimentos de intensidade pura, aquilo que foge ao escopo da razão. Porém, arrolado a ela, permite se segmentar, produzindo a subjetividade singular.

Assim é o modernismo de Linhas de Segmentaridade, que abraça o movimento antropológico de autofagia para experenciar o novo.

Características
ISBN 978-65-882-4002-1
Número de páginas 284
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 90g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Breno Pitol

A Verbis Livros é uma empresa de assessoria a autores independentes e pequenas editoras, vendendo livros no próprio site e em diversas plataformas.

Verbis Livros: www.verbislivros.com.br

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 33,20
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 42,63
Ebook
R$ 15,50
Impresso
R$ 65,26
Ebook
R$ 46,71
Impresso
R$ 43,69
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 48,03
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 43,70
Ebook
R$ 17,65
Impresso
R$ 35,61
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 34,22
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 41,79
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 44,68
Ebook
R$ 23,99
Impresso
R$ 38,45
Ebook
R$ 14,42
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários