Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
MARÉS DA LUA NEGRA
Crônicas do Desamor Anunciado
Categorias
Família E Relacionamentos, Literatura Nacional
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1952 vezes desde 20/05/2016
Versão
impressa
R$ 45,48
Valor total:
R$ 45,48
Versão
ebook
R$ 22,60
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 45,48
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Crônicas?

Não. Apenas retalhos de sentimentos e de emoções, recolhidos pelos muitos caminhos percorridos, guardados no baú das memórias. E agora, quando cerzidos com a agulha e os fios das lembranças, se transformam em um mosaico colorido e multifacetado da vivência de amores e desamores, de sabores e dissabores, como cabe aos mistérios do viver. E tecidos, representam os capítulos da história humana dos relacionamentos, em seus mais diversos matizes. É a magia alquímica dos amores. É o colorido da vida. É a pintura única, dependurada em nosso museu particular.

Características
Número de páginas 223
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Wanderley Beraldo

Mineiro de Andradas, onde nasceu em 1.951.

Trouxe da infância, a poesia silenciosa das montanhas mineiras, os sons das cachoeiras cristalinas e a pureza de suas águas límpidas.

Trouxe da solidão do estudo religioso em um seminário, a inspiração para os poemas mitológicos, míticos, místicos, sociais e idílicos, frutos das traduções de Vergílio, Homero, Esopo e Júlio Cesar.

Trouxe da participação nos movimentos da poesia marginal, a necessidade constante, visceral e vital da escrita.

Trouxe dos muitos trabalhos premiados, do periódico Muiraquitã, do primeiro livro publicado em 1.982 Marionetes, a consumação do casamento alquímico com a poesia.

Operário por necessidade e poeta por prazer.

Poeta alternativo. Poeta marginal.

“Ser poeta é sentir com dupla intensidade as belezas mais sutis”

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 32,71
Ebook
R$ 13,45
Impresso
R$ 38,10
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 26,39
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 88,52
Ebook
R$ 38,75
Impresso
R$ 48,32
Ebook
R$ 20,80
Impresso
R$ 133,43
Ebook
R$ 50,05
Ebook
R$ 11,84
Comentários
0 comentários