O LIVRO DO JUSTO
COM NOTAS EXPLICATIVAS À LUZ DA BÍBLIA
Categorias
Teologia, Estudo Bíblico, Comentário Bíblico
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 68 vezes desde 16/05/2020
Versão
impressa
R$ 59,98
Valor total:
R$ 59,98
Valor total:
R$ 59,98
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

O Livro do Justo - também conhecido como Livro de Jasher - se constitui em uma obra histórica de grande valor para aqueles que procuram conhecer mais profundamente as primeiras narrativas bíblicas. De um modo geral, apresentará de forma paralela ao Pentateuco os acontecimentos compreendidos entre a criação do ser humano e os últimos dias de vida de Josué.

O Livro do Justo se refere diversas vezes ao Livro da Lei do Senhor (cinco primeiros livros da Bíblia) e é mencionado de forma direta no Antigo Testamento em duas ocasiões, como veremos a seguir:

"E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro." (Josué 10:13)

"Dizendo ele que ensinassem aos filhos de Judá o uso do arco. Eis que está escrito no livro de Jasher." (II Samuel 1:18)

Além das passagens bíblicas mencionadas anteriormente, o Novo Testamento possui pelo menos uma referência indireta ao Livro do Justo. Em sua segunda carta a Timóteo, o apóstolo Paulo afirma que nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis, pois “como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé”. (II Timóteo 3:8)

Considerando que estes homens não são mencionados de forma explícita em nenhuma outra parte das Sagradas Escrituras, é possível depreender que Paulo havia lido o Livro do Justo, pois conhecia a seguinte passagem nele contida:

“E quando eles tinham ido, Faraó mandou chamar a Balaão, o mágico, e Yanes (Janes) e Yambres (Jambres), seus filhos, e a todos os mágicos e ilusionistas e os conselheiros que pertenciam ao rei, e todos eles vieram e sentaram-se diante do rei.” (Livro do Justo 79:27)

Vale a pena ressaltar ainda que a cronologia dos fatos narrados no Livro do Justo está em harmonia com outras fontes históricas confiáveis, como é o caso do Talmude e a Seder Olam Rabbah (livro de datas dos judeus). Ademais, existem passagens bíblicas que são melhor compreendidas através da análise comparativa das narrativas paralelas encontradas no Livro do Justo.

Um episódio que ilustra de forma bastante oportuna a relevância do Livro do Justo e sua utilidade para a melhor compreensão das narrativas bíblicas é a viagem do patriarca Jacó e seu encontro com Esaú quando regressava para a terra de Canaã. Existem detalhes relevantes nesta passagem que encontramos no Livro do Justo e que não são mencionados na Bíblia Sagrada e vice-versa.

O Livro do Justo com notas explicativas à luz da Bíblia se propõe justamente em se constituir nesta ferramenta prática capaz de auxiliar o leitor a promover uma correta inter-relação entre o conteúdo histórico presente no Livro do Justo e os ensinos da Bíblia Sagrada.

Características
ISBN 978-17-169-2923-6
Número de páginas 226
Edição 1 (2020)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
ALESSANDRO ERIVELTON
Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários