Rabiscos poéticos
Categorias
Filosofia, Literatura Nacional, Poesia, Metafísica, Movimentos
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 2504 vezes desde 14/12/2015
Versão
impressa
R$ 35,65
Valor total:
R$ 35,65
Versão
ebook
R$ 14,53
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 35,65
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

"Rabiscos poéticos" é uma antologia que reúne “inspirações noturnas”, resultados de frutíferas noites insones. A poesia ora leve, ora pesada; ora melancólica, ora bem-humorada do autor, sobrevive ao ódio dos sentimentos humanos e se eleva ao nível de poesia criada não por seres como nós, mas por outro, digno de veneração e respeito: Vinícius Siman.

Neste livro, Siman assume uma nova face: a libertária, encontrada em grandes autores como Clarice Lispector, Paulo Leminski, Caio Fernando Abreu e Cecília Meireles. “A sensação de voar pode parecer positiva, mas torna-se, com o tempo, cansativa. A adrenalina é que faz o voo interessante. O bom de ser livre, é que hoje é proibido sê-lo.”, explica Siman sobre seu novo estilo poético.

Em Rabiscos poéticos, o leitor irá deliciar-se cada vez mais na liberdade e descontração magistrais dominadas pelo autor e encontrar, mais cedo ou mais tarde, no caminho de cada rabisco, uma reta sem rebarbas ou cortes tortos. Uma verdadeira obra de arte!

— Roseli Oliveira

Características
Número de páginas 106
Edição 2 (2015)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 90g
Fale com o autor
Vinícius Siman

VINÍCIUS SIMAN é escritor, poeta, crítico literário, diretor de teatro e militante dos direitos humanos ipatinguense nascido em 1999.

Publicou seu primeiro livro em 2013: “Meus melhores escritos”. Desde então, lançou o ensaio “Poema em linha torta”, o livro de poemas “Rabiscos poéticos” e o aclamado romance em versos “A máquina do tempo”, ambos pela editora Fortaleza Editorial em 2015.

Em 2016, publicou pela editora Clube de Autores o livro “Corpoesia”.

No teatro, escreveu e dirigiu as peças “Lama-sal” e “Festa da Carne”, o monólogo “Prazer, Medeia” e foi diretor de texto e roteirista (junto de Flávia Frazão) do musical infantil “Leiloca Bruxoca”, inspirado no livro homônimo de Nena de Castro.

Em 2017, no aniversário de 53 anos de Ipatinga, recusou receber das mãos do então prefeito da cidade, Sebastião Quintão, o troféu de honra ao mérito artístico-cultural.

Lançou, em maio de 2018, no Salão do Livro Vale do Aço, “Águas vivas mortas”, livro de poemas escritos durante uma temporada na Bahia. Em agosto do mesmo ano foi homenageado com o Troféu Arco-Íris dos Direitos das Pessoas LGBTIs (iniciativa do MGS - Vale do Aço) pelo desempenho na luta dos direitos humanos em sua vida e obra.

Na Quarta-Feira de Cinzas de 2020, em 26 de fevereiro, publica, também pela Clube de Autores, o emblemático “Pra que me tragas um bouquet & uma cachaça & Erodisseia”.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 48,14
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 33,24
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 38,22
Ebook
R$ 14,53
Impresso
R$ 35,83
Ebook
R$ 13,99
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,36
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 44,06
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 45,50
Ebook
R$ 12,49
Impresso
R$ 51,35
Ebook
R$ 24,75
Impresso
R$ 45,48
Ebook
R$ 20,45
Impresso
R$ 50,41
Ebook
R$ 19,37
Impresso
R$ 36,11
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 36,62
Ebook
R$ 12,35
Comentários
0 comentários