Segurança pública
estamos lutando a guerra errada
Código do livro: 401880
Categorias
Processo Penal, Direito Penal, Direito, Ciências Humanas E Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 12 vezes desde 13/10/2021
Versão
impressa
R$ 141,79
Valor total:
R$ 141,79
Versão
ebook
R$ 16,58
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 141,79
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

É indiscutível que se trava, hoje em dia, uma guerra contra a criminalidade, tendo, de um lado, o Estado e, de outro, o criminoso. O Estado defende seu povo, principal alvo da violência. O criminoso defende aquilo que entende por “seu território” ou simplesmente não defende nada, a não ser seu próprio interesse ou desejo.

Nesta guerra, cada lado utiliza as armas que tem e pode utilizar. O Estado procura agir dentro dos limites da lei, do respeito aos direitos humanos e do não uso da violência. O criminoso, por sua vez, desconhece a lei e seus limites, os direitos humanos e faz uso da violência. O Estado crê no controle dos registros e comércio de armas de fogo. O criminoso utiliza armas de fogo não registradas, contrabandeadas, ilegais e não comercializadas formalmente, ignorando solenemente o desarmamento.

A consequência é uma desigualdade, uma disparidade de armas, ações e táticas que levam claramente à potencial e arriscada vantagem de um dos lados, aquele que não tem em seu caminho nenhum limite ou respeito a observar.

Características
Número de páginas 461
Edição 1 (2021)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Colorido
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Líbero Penello de Carvalho Filho

Delegado de Polícia Civil do Espírito Santo

Professor. Escritor. Pesquisador. Especialista em Direito e Processo Penal e do Trabalho. Aluno dos cursos de doutorado da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires, Argentina.

Membro do Instituto Brasileiro de Administração do Sistema Judiciário - IBRAJUS, do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, da Academia de Letras Jurídicas do Espírito Santo, do grupo de estudo Polícia, Democracia e Sociedade (Universidade de Buenos Aires, Argentina), do Observatório Brasileiro de Direito Internacional Público e Privado - OBRADIPP.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários