Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Alvissarismo
Filosofia Brasileira
Categorias
Crítica Literária, Filosofia, Literatura Nacional, Epistemologia, Filosofia / Religião
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 8932 vezes desde 04/07/2015
Versão
impressa
R$ 35,60
Valor total:
R$ 35,60
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 35,60
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Este Livro pretende responder às seguintes indagações: o Alvissarismo possui em seu corpo sistêmico uma identidade brasileira? O Alvissarismo constitui-se como um sistema de Filosofia Brasileira? O Alvissarismo é uma Filosofia Tupiniquim, isto é, uma Filosofia originalmente brasileira? Para tal empreitada será necessário submeter o Alvissarismo a uma Crítica da Razão Tupiniquim, a fim de que possamos com maior firmeza afirmar ou negar a condição do Alvissarismo como uma Filosofia originalmente brasileira. O Livro ainda apresenta o revolucionário Manifesto Alvissarista, que marca seu valor na roda da história através da atitude radical de rompimento com todas as estruturas elementares do passado da Filosofia Brasileira e Latino-Americana. Essa é a atitude filosófica que caracteriza o Movimento Alvissarista, que pretende romper com o colonialismo filosófico da Academia Brasileira de Filosofia, destruindo assim a nefasta influência do pensamento europeu na formação do pensamento brasileiro e latino-americano, buscando desconstruir o beijo venenoso da Europa no pensamento filosófico originalmente brasileiro, e posteriormente reconstruir o edifício filosófico brasileiro e latino-americano através da busca incessante pela sistematização de uma Filosofia Brasileira e Latino-Americana que tem no folclore a fonte, a origem e a matriz de seu pensamento e de sua identidade, promovendo assim a proclamação da independência da Filosofia Brasileira, sendo, por isso, um marco na história da Filosofia no Brasil, tendo como dia de festa e comemoração a data de sua publicação original em 04 de julho de 2015, que é agora o dia da independência da Filosofia Brasileira. Um dos propósitos principais do Movimento Alvissarista é a inversão especular do modernismo brasileiro através da prática da deglutição de si mesmo ou auto antropofagia do folclore brasileiro, como num processo metafórico em que o brasileiro se mata através de um suicídio narcísico, para posteriormente renascer das cinzas como a Fênix. A Filosofia da Auto Antropofagia pretende que, ao invés de deglutirmos culturalmente o Outro externo, como a Europa e a América do Norte, devemos deglutir culturalmente o Outro interno, caracterizado pelo folclore do Brasil (e da América-Latina), onde está sintetizado a alma do povo brasileiro através do seu sincretismo original entre brancos, negros e índios. Isso quer dizer que não se deve negar ou menosprezar a cultura estrangeira, muito menos copiá-la ou imitá-la; o que devemos fazer é deglutir a nossa própria cultura – o Outro interno -, e não mais a cultura do Outro externo. Este é certamente um dos marcos históricos do Movimento Alvissarista que causa uma ruptura revolucionária na história da Filosofia no Brasil e na América-Latina. A auto antropofagia é um divisor de águas na historia da Filosofia no Brasil e na América-Latina, não apenas pela conscientização da identidade filosófica do Brasil caracterizada pela deglutição de si mesmo num suicídio narcísico onde um novo ser ressurge das cinzas, mas principalmente por promover o conhecimento de si mesmo da sociedade brasileira, deslocando o objeto filosófico do Outro externo para o Outro interno. O Movimento Alvissarista faz o Brasil olhar a si próprio no espelho da cultura popular, e achar-se belo, sublime, a ponto de, num suicídio narcísico, devorar a si mesmo para posteriormente renascer das cinzas como a Fênix.

Características
Número de páginas 114
Edição 1 (2015)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Thiago de Paiva campos

Autor/Escritor (Fundador do Alvissarismo, que é uma Doutrina, ou seja, um conjunto de princípios que servem de base a um sistema de Filosofia, Política, Economia e Religião).

"A Mensagem é mais importante do que o Mensageiro, pois é pela obra que se reconhece o autor; o Mensageiro não é maior do que aquele que o enviou". (Alvíssara)

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,85
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 33,83
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 35,64
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 36,43
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 36,43
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 33,95
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 36,06
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 38,02
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 35,36
Ebook
R$ 17,22
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 27,01
Ebook
R$ 12,16
Impresso
R$ 39,17
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 38,76
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 38,07
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 32,71
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 42,18
Ebook
R$ 16,14
Impresso
R$ 32,08
Ebook
R$ 16,00
Impresso
R$ 32,70
Ebook
R$ 11,84
Comentários
0 comentários