Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
O Grande ditador invisível
Categorias
Literatura Nacional, Aventura, Fantasia, Horror
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3970 vezes desde 15/01/2014
Versão
impressa
R$ 36,29
Valor total:
R$ 36,29
Valor total:
R$ 36,29
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Uma sociedade que padece na própria ignorância.

Uma terra de tormento e miséria, oculta pelo véu de ouro do poder absoluto.

Uma história construída com o sangue daqueles que não podem lutar.

Um reino de lideres inescrupulosos, soldados sem honra, heróis caídos e hostilidades invisíveis.

Um mundo dominado pela besta de três cabeças; pelo sexo, violência e pela hipocrisia.

A única esperança fora amaldiçoada, e seu nome esquecido no tempo...

... isto até agora;

As antigas escrituras pareciam emanar uma estranha energia antes adormecida. Sophia sentiu dentro de si que aquelas palavras poderiam trazer a tona o motivo de sua existência e segredos jamais imaginados pelo homem. Porem não imaginava que após esse episódio passaria a ser perseguida por forças tão tenebrosas quanto divinas. Agora sem muitas escolhas, e em condições extremas, Sophia embarcará numa jornada suicida pela verdade. Encarando seus maiores temores; O céu, o inferno e a si mesma.

Características
ISBN 978-85-916759-0-6
Número de páginas 235
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Victor Follador

Cada personagem torna-se um fragmento da influência do mundo refletido na vida do autor.

Meus trabalhos no campo da literatura visam trazer algo a mais que apenas histórias. Afinal sempre admirei a profundidade de conceitos inseridas na mídia em geral, e também sempre almejei seguir este movimento. Minha proposta desde o inicio é trazer uma mensagem e jamais uma verdade absoluta, pois sou falho como qualquer outro homem. Escrevo por que sinto-me realizado em me expressar desta maneira, e até quando estou escrevendo sobre meu ódio sinto-me apaixonado.

Desejo trazer a luz novos pensamentos, livres de medo e dogmas e acima de tudo zelar pela arte.

Comentários
0 comentários