Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Was Bach Brazilian?
El crío de la pandereta o El inventor del baião
Categorias
História Alternativa, Etnomusicologia, Aventura, Música, Ficção
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 488 vezes desde 13/08/2018
Versão
impressa
R$ 32,00
Valor total:
R$ 32,00
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 32,00
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Um padre contrata um detetive para seguir pistas que provavelmente os levarão a partituras perdidas de Johann Sebastian Bach, que segundo alguns pesquisadores, acredita-se ter nascido em Portugal e migrado para o Brasil antes de ser levado para a Turíngia e ser adotado pela família Bach. Este livro (na língua original, portuguesa) ganhou o prémio Fnac/Teorema, em 2004. Aqui, com tradução de Ana Márquez.

Características
Número de páginas 157
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Unos y otros

Jorge Carlos Amaral de Oliveira

Nasceu no Rio de Janeiro, a 23 de Julho de 1952. Despertou para as artes no Estado do Acre, na Amazónia Brasileira, o que o levou a abandonar o curso superior de Geografia para, a tempo integral, lançar mão das mais variadas formas de expressão artística e, através delas, gritar a sua indignação contra as injustiças para com as gentes e as matas do Acre. Ao profissionalizar-se nas artes cénicas, adoptou o pseudónimo de João Maiara e, em 1995, por sugestão do pintor Zé Cordeiro, passou a assinar os seus desenhos como Mané do Café. Fez de tudo nas artes e ainda foi jornalista, professor e animador cultural.

BIOBIBLIOGRAFIA

• O PORTUGUÊS OU ESCRAVOS DA ESPERANÇA (romance), Campo das Letras, Porto. Prémio Edmundo Bettencourt – Prémio Literário Cidade do Funchal/2002, Madeira, Portugal.

• WAS BACH BRAZILIAN? - O PUTO DO ADUFE OU O INVENTOR DO BAIÃO (romance, em parceria com Mucio Sa), Editorial Teorema, Lisboa. Prémio FNAC/ Teorema, 2004, Lisboa.

• MÄI YUSHÎ-O ESPÍRITO DA ALDEIA (conto), edição de leitor pela Editorial Teorema, Lisboa. Prémio António Paulouro 2007, Câmara Municipal do Fundão, Portugal

• PUNK ROCK & CIA. OU O GRANDE GASTÃO UM ROMANCE PIMBA POR ESTÊVES OLIVEIRA (romance, em parceria com Luis Morgadinho), Edição de personagens sob a chancela das editoras Pangeia e Teorema, Lisboa.

• WAS BACH BRAZILIAN?… (em castelhano. Tradução de Ana Marquez) Edições Mimeógrafo, Lisboa.

• O LADRÃO DE SONHOS (contos e crónicas), Academia da Edição, Lisboa.

• QOMUNIQASSÃO I ESPRESSÃO – UM ARTIGU QOMUINTUMOR DI JORGE QARLUS, Fundação Cultural do Acre.

• CARNAVAL – 8 NOVAS CANÇÕES, edição de autor.

• CAFÉ – AS RECEITAS DO MANÉ (em várias línguas), edição de autor.

• DONA PETA – CONTO MINHA VIDA (romance em forma de entrevista), edição de autor, Lisboa.

• COLECTÂNEA DE POESIAS ACREANAS, Casa do Poeta do Acre – (com o 3º lugar no Concurso de Poesia da Casa do Poeta do Acre).

• POESIA ACREANA (colectânea) Cia. Teatro 4º Fuso e Universidade Federal do Acre.

• SOU HOMEM DE XAPURI CABRA MACHO PRA LASCAR/TRANSFORMAÇÕES (Literatura de Cordel) Edição de autor (clandestina), Rio Branco.

• DO NORTE E DO SUL (cordel) Edição de autor, Rio Branco.

• DE COMO, QUANDO E PORQUÊ O PROFESSOR ACREANO VENDEU CASTANHAS (cordel em parceria com vários autores) Edição ASPAC (Associação dos Professores do Acre).

• A PELEIA DE JORGE E NORMÉLIA COM… (cordel) Edição de autor, Rio Branco.

• POESIA CASEIRA, Fundação Cultural do Acre.

• NORMÉLIA-POEMA VIVO, edição de autor, Rio Branco.

• UM POEMA E OUTRAS BRINCADEIRAS, edição de autor, Lisboa e Rio Branco.

• UM NARIZ PARA O REI (farsa adaptada do conto homónimo de Jack London. Editada pela Fundação Cultural do Acre e publicada no jornal A Nova Democracia, Rio de Janeiro).

• COLECÇÃO MAIS CINCO PINTORES (contos avulsos), edição de autor, Lisboa.

• OS ROMANOS NA AMÉRICA (conto), publicado no nº 1 da revista Itinerâncias, Matosinhos, Portugal.

• AS AGRURAS DE BEIRALDO ALMA (romance), Teorema, Lisboa.

• Os cem melhores poemas do TOC140, Poesia no Twitter Ano II, (Coletânea de poemas) Fliporto Digital 2011, Carpe Diem, Pernambuco, Brasil.

• CAFEOPEIA-A GRANDE AVENTURA DO CAFÉ, em parceria com Edison Nequete, editora Sapere, Rio de Janeiro, Brasil.

• Os cem melhores poemas do TOC140, Poesia no Twitter Ano III (5º lugar), Fliporto Digital 2012, Carpe Diem, Pernambuco, Brasil.

• ANTOLOGIA TUPÃENSE (4º Festival de Literatura-Prêmio Nacional de Artes da Estância Turística de Tupã).

• ENQUANTO HÁ O MEDO (conto), publicado na revista Via Latina, número 12 – VI série, Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra, Coimbra, Portugal.

Curriculum completo em http://manedocafe.blogspot.com

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 83,47
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 36,02
Ebook
R$ 18,30
Impresso
R$ 39,81
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 29,32
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 51,12
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 51,97
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 47,64
Ebook
R$ 17,64
Impresso
R$ 52,60
Ebook
R$ 11,84
Comentários
0 comentários