A dama tardia

Por Luís Cássio Nóbrega de Rezende

Código do livro: 237280

Categorias

Ficção, Ficção e Romance, Literatura Nacional, Aventura, Fantasia, Mistério E Detetive

Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1527 vezes desde 19/07/2017
Versão
impressa
R$ 50,29
Valor total:
R$ 50,29
Valor total:
R$ 50,29

Sinopse

Uma coletânea de histórias, contos e crônicas pra passar o tempo e se divertir.

Escritas desde os anos 1970 em cadernos, folhas e guardanapos até tomarem corpo e formarem esse pequeno conteúdo.

Seguindo um estilo bem publicitário de textos curtos, muito coloquiais, buscando os ambientes conhecidos pelo autor e recheados de personagens da literatura policial, autores contracenando em cenários inusitados e jamais frequentados, misturando ficção com realidade sem ficar claro o que é um e o que é outro.

Rio de Janeiro, julho de 2017.

Características

Número de páginas 219
Edição 1 (2017)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Idioma Português

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor

Luís Cássio Nóbrega de Rezende

Autor

Nascido na Av. Paulista em 1951.

Morou com a família por alguns anos em Mogi Mirim, formou-se no Ginásio Koelle de Rio Claro. Em 1978, muda-se para o Rio de Janeiro, onde engrena a carreira em publicidade.

Divorciado, pai de Carla, arquiteta no Rio, e Vitor, atuante em marketing internacional.

Apreciador do tênis como hobby, bate uma bolinha nos fins de semana na Ilha Porchat, São Vicente, onde voltou a residir. Além de escrever, continua com a carreira profissional, hoje independente, assessorando empresas em atividades de marketing e vendas de soluções voltadas para valorização de marcas.

Publicou A Dama Tardia em 2017, reunindo histórias curtas, crônicas e memórias.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 39,62
Ebook
R$ 21,36
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários