Cantata do amor ternura
Categorias
Literatura Nacional, Poesia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1466 vezes desde 25/03/2015
Versão
impressa
R$ 57,38
Valor total:
R$ 57,38
Versão
ebook
R$ 33,37
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 57,38
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

As Cantatas de Bete Medeiros remetem ao romantismo de outrora, ao amor e ausência dele. É uma poeta que brinca com os sentimentos e faz isso como ninguém...

Características
ISBN 978-85-7899-067-1
Número de páginas 120
Edição 1 (2015)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Elizabete Maria de Medeiros

Elizabete Maria de Medeiros nasceu na cidade de Miranda-MS, capricorniana de 12 de janeiro. Iniciou na arte da escrita aos 7 anos, na cidade de Guararapes-SP, onde foi morar desde os seis meses de idade por questões políticas. Ja compunha as suas narrativas imaginárias, lia tudo o que vinha pela frente. Na adolescência, residindo em Lins-SP, participou do Primeiro Concurso de Poesias da Cidade das Escolas, recebendo o primeiro prêmio pelo poema: " O Trabalho". Passou então a produzir seus cadernos de poesias e narrativas infantís. Aos 21 anos foi para a Capital participando de movimentos literários com o Grupo Poetasia. Em 1982 publicou seu primeiro livro de poesias: "Caminhada" pela Ponto Cardeal Editora com o prefácio de Fernando Coelho e capa de uma amiga arquiteta Rosângela Teixeira. Em 1984 publicou o "Bandeiras de Primeiro de Maio & Venda$$", edição independente. Participou de diversos movimentos literários. Participou do projeto "O Escritor na Biblioteca" pela Secretaria Estadual de Cultura produzindo o livro ilustrado pelas crianças da Biblioteca Viriato Correa "A Guerra no Galinheiro". Ingressou como Diretora na União Brasileira dos Escritores-UBE, participando de três gestões. Participou de várias antologias. Em 1990 publicou "O Cometa Xereta", sucesso na Bienal do Livro. Realizou com a UBE o Primeiro Encontro de Arte e Cultura de Resistência, no Vale do Ribeira - Registro-SP. Participou pela Lume Editôra das Antologias: "Contos de Fim de Século", "Reflexos de Uma Época" e "Várias Faces da Morte". Em 1994 pela Ícone Editôra, publicou "Cartilha do Gordo". Como Artista Plástica, participou do Revelando São Paulo, com seus trabalhos eleitos e expostos na Oficina Três Rios, em 2005-2006. É Nutricionista Especialista em Nutrição em Saúde Pública e Mestranda em Gerontologia Social. Em 2010 publicou "Cantata do Amor Ternura" lançado na Bienal do Livro em São Paulo pela InHouse Editora. Tem diversos trabalhos no prelo, entre eles o Romance "GRIPHOS".

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 45,74
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 38,51
Ebook
R$ 17,22
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 33,39
Impresso
R$ 37,61
Ebook
R$ 17,55
Impresso
R$ 32,30
Ebook
R$ 12,38
Impresso
R$ 40,08
Impresso
R$ 34,53
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 28,65
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 46,72
Impresso
R$ 36,70
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 33,27
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 34,20
Ebook
R$ 11,84
Comentários
2 comentários
D'Ori Vergalhão
Sexta | 24.04.2015 às 10h04
Peço que me perdoe. Talvez lhe transmiti uma má impressão, mas somente procuro amigos para troca de idéias. Desejo-lhe sorte na sua caminhada para o sucesso.
D'Ori Vergalhão
Terça | 07.04.2015 às 09h04
Amo poesia! Tenho também um punhado delas, mas nunca me animei em publicá-las. Seus versos, Elizabete, como eu poderia dizer?... São... Tim!Tim!Tim!... Ou seja, Supimpas! Parabéns poetisa!