Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Chá da meia-noite
Categorias
Literatura Nacional, Ficção e Romance, Drama
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1205 vezes desde 15/12/2017
Versão
impressa
de R$ 37,95 por
R$ 31,89
Valor total:
R$ 31,89
Valor total:
R$ 31,89
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Um hospital, um policial, uma doença e algumas mortes. Acompanhe a busca pelo assassino do chá da meia-noite.

Características
ISBN 9781973560197
Número de páginas 171
Edição 1 (2017)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Nizar Soares

Nizar Soares é um brasileiro, natural de Belo Horizonte – MG, nascido no ano de 1969. Aprendeu a gostar de literatura com o pai, de origem libanesa, que lhe deu o gosto pela literatura. Seu irmão também foi um grande responsável ao incentivar a leitura dos livros da série “A turma do posto quatro”, onde fez do autor Nizar Soares, um feroz leitor.

A biblioteca da sua residência era composta de clássicos como: William Shakespeare, Dante Alighieri e Edgar Allan Poe, desfrutado por toda a família.

Já com gosto apurado pela literatura mundial, Nizar Soares passava tardes lendo e relendo grandes enciclopédias, ajudando a desenvolver a curiosidade do autor.

Na adolescência, conheceu os autores que o influenciou no gosto pela filosofia, poesia, contos e crônicas. Lia incessantemente: Friedrich Nietzsche, Arthur Schopenhauer, Miguel de Cervantes, Rubem Braga, João Ubaldo Ribeiro, Fernando Sabino e principalmente, a literatura do Brasil oitocentista.

Seu primeiro conto, “Um sonho filosófico”, foi escrito aos 13 anos de idade. Seu primeiro livro de poesias veio logo em seguida, aos 15 anos, já profundamente influenciado pelos poetas: Augusto dos Anjos, Cruz e Sousa e Fernando Pessoa.

Foi Machado de Assis quem incutiu no autor, o gosto por contos e principalmente, escrevê-los. Desta influência, resultaram os livros: O Guarda-chuva e O Relógio da Torre.

A escolha literária pelos pequenos contos se deu pela necessidade de leitura rápida e menos entediante. Com a globalização e acesso aos meios digitais, com milhares de obras a disposição, o gosto pelas histórias rápidas tornou-se sua preferência.

Percebe-se claramente que o gosto do autor vem alterando do modelo de histórias longas para contos mais sucintos. Foi escrito nesta fase, os livros: Crônico e Contraste.

Nizar Soares nos diz que, para o brasileiro com pouco gosto pela leitura, é fundamental um texto curto, interessante e com semifinais em cada capítulo. www.nizarsoares.com.br

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 39,19
R$ 33,13
Impresso
de R$ 35,73
R$ 29,66
Impresso
de R$ 36,88
R$ 30,82
Impresso
de R$ 33,75
R$ 27,68
Impresso
de R$ 35,48
R$ 29,42
Impresso
de R$ 36,63
R$ 30,57
Impresso
de R$ 40,51
R$ 34,45
Impresso
de R$ 32,54
R$ 28,10
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 34,41
R$ 28,35
Impresso
de R$ 32,55
R$ 26,49
Impresso
de R$ 32,55
R$ 26,49
Impresso
de R$ 31,88
R$ 25,81
Impresso
de R$ 32,55
R$ 26,49
Impresso
de R$ 37,33
R$ 31,27
Ebook
R$ 15,07
Impresso
de R$ 29,53
R$ 23,46
Impresso
de R$ 37,18
R$ 31,11
Impresso
de R$ 34,96
R$ 28,90
Impresso
de R$ 32,58
R$ 26,51
Impresso
de R$ 35,20
R$ 29,13
Comentários
0 comentários