Enigmas
Categorias
Literatura Nacional, Livros De Bolso
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3543 vezes desde 04/03/2014
Versão
impressa
R$ 28,99
Valor total:
R$ 28,99
Valor total:
R$ 28,99
Sinopse

Sujeito plural & inclassificável

Por conhecer sua vasta obra, afirmo: Cleber Pacheco é um escritor surpreendente. Poeta, Contista, Romancista, Dramaturgo e Crítico Literário (tudo assim mesmo, com letras maiúsculas). Em “Enigmas” ele nos apresenta uma série de pequenos textos desconcertantes – para dizer o mínimo.

“Ele vai todos os dias até a casa abandonada. Abre as janelas, portas, deixa o ar circulando. Dá uma olhada pelos aposentos, confere os objetos, sai. À tarde, quando começa a escurecer, volta. Agora para fechá-la. Entre idas e vindas, passa o resto do tempo habitando precário espaço debaixo de uma ponte procurando pela chave.”

Pequenos textos, sim, mas nunca textos pequenos. Cleber não sabe ser pequeno – ele não nasceu para ser pequeno. “Enigmas” nos revela narrativas enxutas – sem sobras, sem floreios.

“Um velho escritor inventa um monstro original, em tudo diferente aos de outras histórias. Logo após ter escrito o livro, assim como os leitores ao término da leitura assombrosa, não consegue distinguir a criatura.”

Narrativas certeiras, profundas, que nos fazem pensar.

“Um poço. Na superfície, uma mulher descendo a corda com o balde. No fundo, o seu cadáver boiando na água.”

“Fazer pensar” é marca registrada de Cleber Pacheco – sua obra toda é carregada de questionamentos e inquietações. Questionador & inquieto deve ser o Artista. “Enigmas” é obra que perturba, é obra que dói.

“Um troglodita desenha um quadrúpede na parede da caverna. E mais outro. Preenche todo o interior dela. Há figuras de quadrúpedes por toda parte. Ao terminar, nenhum espaço vazio resta. Busca pelo primeiro desenho. Nunca mais o encontra.”

Cleber Pacheco é um sujeito plural, e, portanto, inclassificável. Ao dizê-lo “plural” já o classifico, ao dizê-lo “inclassificável” já o rotulo, pois que seja. Tudo na vida precisa de uma etiqueta – a mais apropriada a um Escritor maiúsculo como Cleber Pacheco é esta: inclassificável. Ou alguém se atreveria a delimitar seu imenso talento?

Ah, sim, Cleber Pacheco também é Artista Plástico. Mas isso é assunto para outra feita.

Cláudio B. Carlos – editor.

Características
Número de páginas 80
Edição 1 (2014)
Formato Pocket (105x148)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 36,68
Impresso
R$ 35,19
Impresso
R$ 28,99
Impresso
R$ 37,51
Impresso
R$ 47,64
Impresso
R$ 30,97
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 44,63
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 32,55
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 40,53
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 40,15
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 29,82
Ebook
R$ 12,38
Impresso
R$ 28,25
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 54,38
Ebook
R$ 20,45
Impresso
R$ 57,95
Ebook
R$ 25,83
Impresso
R$ 39,24
Impresso
R$ 49,07
Ebook
R$ 17,22
Comentários
0 comentários