Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
GRAVETOS
Categorias
Poesia, Literatura Nacional
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1953 vezes desde 21/07/2013
Versão
impressa
R$ 33,78
Valor total:
R$ 33,78
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 33,78
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A poesia em Gravetos, irradia chamas de intelecto e fumaça de simplicidade.

O poeta monta seu feixe e arregaça as mangas para carregá-lo através de versos que são os próprios gravetos.

As achas são tiradas do delírio com o uso de uma simples caneta (O machado do poeta).

Faz-se necessário ao leitor, arregaçar as mangas também, e ajudar ao poeta na decifração simbólica e contextual, fragmentada em versos que como gravetos, incendeiam, porém, em seu imaginário.

A absorção da leitura como um fluido inflamável, realça os poemas tal qual uma fogueira em chamas.

O poeta fala em versos toscos, não no sentido de medíocres, mas de simplicidade e sem arroubos de esnobismo.

O poeta consegue singularizar o intelectual à rudeza de uma fogueira para iluminar a noite, e clareia a visão do leitor em um entendimento essencialmente emotivo com intensas fagulhas de razão.

João Felinto Neto deixa-nos pensativos com sua poesia mesclada de amor e ódio, de paz e guerra, e principalmente de fogo e água que jorra da tempestade de ilusões que silencia o crepitar dos versos em nossas almas.

Características
Número de páginas 122
Edição 2 (2013)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
JOÃO FELINTO NETO

No dia 04 de outubro de 1966, nasce João Felinto Neto em Apodi, Rio Grande do Norte.

Em 1969 parte com sua família para Tabuleiro do Norte no Ceará. No mesmo ano passa a residir em Limoeiro do Norte, sua pátria emotiva e ponto de partida de uma fase migratória que duraria toda a sua infância e o levaria até Santa Isabel/PA, Limoeiro do Norte/CE e Mossoró/RN. Regressa novamente a Limoeiro do Norte em 1977, onde permanece até 1982, ano em que conclui o 1º grau no Liceu de Artes e Ofícios.

Retorna definitivamente com sua família à cidade de Mossoró. Conclui em 1985 o 2º grau na Escola Estadual Prof. Abel Freire Coelho.

Em 1986 ingressa no serviço público. Conclui o curso de Ciências Econômicas pela UERN em 1991.

Somente aos 34 anos começa a escrever e catalogar poemas e crônicas. Até então, seu mundo literário se resumia à leitura e ao pensamento.

Blog do poeta potiguar João Felinto Neto: http://www.blogdopoetajoaofelinto.blogspot.com.br/

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,85
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 37,58
Ebook
R$ 15,07
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários