Le Petit Diable
A Pervertida História de Gabriel
Categorias
Drama, Ficção e Romance, Literatura Nacional, Canadense, Europeu Continental, Inglês, Irlandês, Escocês, Galês
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5794 vezes desde 21/07/2014
Versão
impressa
R$ 41,42
Valor total:
R$ 41,42
Versão
ebook
R$ 16,44
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 41,42
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Segundo volume da Trilogia Substância Etérea, Le Petiti Diable conta a história de Gabriel Torres Prado, tendo como mote narrativo as revelações deste a seu psicanalista. Daí emergirá um personagem de caráter dúbio - como sua própria bissexualidade -, arrivista e até cruel. Fruto de uma modernidade amoral, Gabriel não recusará qualquer um dos cálices que lhe ofereça o banquete da vida, trilhando um caminho tortuoso de ascensão, poder e tragédia.

Características
Número de páginas 236
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 90g
Fale com o autor
Marcial Souza de Oliveira

Psicanalista com clínica em São Paulo, pós-graduado em Lacan pela Instituto de Psicologia da USP, Marcial Oliveira é também jornalista e advogado. Autor de "Minha Viagem ao Centro do Daime" (Editora Saraiva, 1993), Tratado Geral do Cornos (inédito) e da Trilogia "Substância Etérea" (primeiro volume concluído). Foi professor de Filosofia das Faculdades Drummond e João XXIII.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 40,80
Ebook
R$ 17,22
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,16
Ebook
R$ 20,45
Impresso
R$ 37,65
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 28,70
Impresso
R$ 45,77
Impresso
R$ 39,75
Impresso
R$ 55,50
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 38,93
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 32,92
Impresso
R$ 31,90
Ebook
R$ 14,36
Impresso
R$ 28,24
Comentários
2 comentários
Virgínia Araujo
Sexta | 25.07.2014 às 23h07
Quem é Gabriel (le petit diable, the spoiled-kid), herói ou vilão? Vítima da sua própria ‘neurose de destino’ – expressão cunhada por Freud –, subordinado ao atravessamento do Real que ‘não cessa de não se inscrever’ – esse paradoxo que nos propõe Lacan -, ou um perverso que só consegue gozar fora da Lei do Nome do Pai?”
J.B. Bertes Moraes
Quinta | 24.07.2014 às 16h07
Perturbador e denso, Petit Diable nos surpreende com um personagem ainda mais fascinante. Gabriel é o resultado de um destino torto e trágico. A tragédia – que não tem tradição na Literatura Brasileira – bebe no mito grego para descrever o percurso da construção do masculino ante a ausência do ideal de um pai. Tudo muito humano e visceral; daí o choque ao nos tornamos íntimos à revelação de Gabriel.