Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Um Caipira Adorável
Categorias
Televisão, Filme, Circo, Artes e Entretenimento, Artes Cênicas
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 644 vezes desde 13/01/2019
Versão
impressa
R$ 45,54
Valor total:
R$ 45,54
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 45,54
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Descendente de italianos e portugueses, filho de um casal de classe média, Dona Clara e Bernardo, um próspero dono de mercearia, nosso herói cresceu sem problemas. Do avô, imigrante italiano que foi trabalhar nas terras do Paraná, não herdou só o nome, mas o gosto pela vida do campo. Aos 16 anos, foge de casa para ser assistente do faquir Ferri. Monta o Circo Teatro Mazzaropi e Companhia Teatro de Emergência em 1940.

Em 1948, vai para a Rádio Tupi onde estreia o programa "Rancho Alegre". Com a estreia da televisão no Brasil em 1950, ele leva seu programa e torna-se um estrondoso sucesso,

Abílio Pereira de Almeida, diretor da produtora Vera Cruz, procura um tipo diferente e curioso para estrelar uma comédia e ao assistir Amácio Mazzaropi na televisão não tem dúvida e o contrata para atuar em "Sai da Frente". Participa de oito filmes como ator contratado;

Funda a Pam Filmes - Produções Amacio Mazzaropi em 1958 e, a partir daí, passa a produzir e dirigir seus filmes, sendo sua primeira produção "Chofer de Praça", em que ele emprega todas as suas economias para alugar os estúdios da Cia Vera Cruz e as filmagens externas são rodadas na cidade de São Paulo, com os equipamentos alugados da Vera Cruz. Como não tinha dinheiro para fazer as cópias do filme pronto, pega o carro e sai pelo interior afora fazendo shows, até conseguir arrecadar a quantia necessária. O filme faz enorme sucesso em sua estreia.

Entre os amigos era carinhosamente chamado de Mazza. O pano de fundo de quase todos os seus filmes era sempre uma fazenda. A primeira é emprestada, mas depois ele compra a sua, batizada de Fazenda da Santa, onde monta seus estúdios. Ali atravessa sua mais fértil fase e produz seus melhores filmes, como "Tristeza do Jeca" e "Meu Japão Brasileiro";

Com inspiração na obra de Monteiro Lobato, o personagem Jeca, o caipira de fala arrastada, tímido, mas cheio de malícia, arrasta multidões para os cinemas; Lança um filme por ano e sempre em 25 de janeiro, aniversário de São Paulo. Mazzaropi também passa pela TV Excelsior, fazendo parte de um programa de sucesso na época apresentado por Bibi Ferreira, "Brasil 62".

Fica milionário e, paralelamente, produzindo leite e sendo um dos maiores fornecedores da empresa Leites Paulista, constrói novos estúdios e um hotel, também em Taubaté, no início dos anos 70. Artista nato e empresário com muito tino comercial, é também desconfiado e solitário.

Nunca se casou, mas teve um filho adotivo, Péricles, que o ajudava na produção dos filmes. Falece em 13 de junho de 1981, aos 69 anos de idade, vítima de um câncer na medula, logo após iniciar sua 33ª produção, "Jeca e Maria Tromba Homem".

Neste livro você irá viajar na trajetória brilhante deste Jeca, um Caipira Adorável.

Características
ISBN 978-85-93232-12-1
Número de páginas 204
Edição 3 (2019)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 90g
Fale com o autor
Israel Foguel

Nasceu em Pirassununga, sob o signo de Escorpião. Além de escrever, sempre gostou de teatro, desenho, cinema e fotografia. É colecionador de séries antigas de televisão e de filmes que fazem a história do cinema.

Em 1976 formou-se em Comunicação e Expressão pela Faculdade de Ciências e Letras de Araras. Na faculdade, começou a escrever montar, dirigir e atuar em peças teatrais. Em 1991 concluiu o curso superior de Pedagogia e em 2012 concluiu pós-graduação em Meio Ambiente.

Atendendo a um convite, começou a escrever, primeiramente no jornal “O Movimento”, de Pirassununga. Seguiram-se “O Imparcial”, de Aguaí; “Folha de Casa Branca”; “Folha de Palmeiras”, de Santa Cruz das Palmeiras; “A Imprensa”, de Vargem Grande do Sul; “O Popular”, de Pirassununga; “Jornal de Pirassununga”, “JC Regional” e, finalmente, a “Folha de Pirassununga”, no qual chegou a ser seu diretor.

Fundou e redigiu os jornais “O Estudante” e “O Servidor”. Foi ilustrador de um Guia de Pirassununga lançado em 1978.

No campo teatral, fundou diversos grupos. Uma de suas maiores paixões é escrever.

Em 1976 lançou o livro “Messages from my Interior”. Depois lançou outros livros: Pirassununga uma questão de amor; Relicário de Amor; Ler é Viver; O Ensino em Pirassununga; Viva o esporte; O Último Natal; O Hipocondríaco; A Little bit tender; No more troubles; Dreams of Love; Birds; Just Imagine; Alternâncias; Segredos do Coração; Mastro e Lona; Profissão: atriz; a Girafinha Bibi e a Borboletinha e 100 Anos do Cinema Pirassununguense.

Israel Foguel é professor de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Literatura Brasileira, Literatura norte-americana e Técnica Teatral. É jornalista, pedagogo, tradutor intérprete e Consultor Qualytime. Foi presidente da Comissão Municipal de Bibliotecas de Pirassununga, Agente da SBAT – Sociedade Brasileira de Autores Teatrais, Desenhista e Fiscal de Obras da Prefeitura Municipal de Pirassununga e Diretor de Ensino do Colégio Albert Einstein

Atualmente exerce as funções de jornalista, diretor do Teatro Municipal Cacilda Becker, de Pirassununga; diretor proprietário da Foguel Produções; presidente da APLACE – Academia Pirassununguense de Letras, Artes, Ciência e Educação ocupando a cadeira 28; membro correspondente da ALUBRA – Academia Luminescência Brasileira ocupando a cadeira 45; faz palestras em faculdades, escolas e entidades assistenciais; é colunista cultural nos jornais O Movimento e JC Regional, e nos sites reporternaressi.com.br. pirassunungatoday, pirassununga on notícias; desenvolve vários projetos culturais no município de Pirassununga; e é o jornalista responsável pelo Boletim Informativo da APLACE.

É casado com a professora Vera Lúcia de Souza Foguel (Diretora de Marketing da Foguel Produções) e tem dois filhos (William – casado com Juliana) e (Priscilla – casada com Daniel). Tem três netos (Yohann e Loren Yasmin, filhos de William e Juliana e Pyetra, filha de Priscilla e Daniel).

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 44,55
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 51,00
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 50,04
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 48,03
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 39,68
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 44,88
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 45,45
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 41,75
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 45,27
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 45,36
Ebook
R$ 27,98
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 39,49
Ebook
R$ 24,75
Impresso
R$ 44,43
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 43,80
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 34,24
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 38,66
Ebook
R$ 24,75
Impresso
R$ 36,44
Ebook
R$ 24,75
Comentários
0 comentários