VINTE ANOS DEPOIS
Categorias
Memórias Pessoais, Literário, Literatura Nacional, Ficção e Romance, Biografia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 160 vezes desde 05/05/2020
Versão
impressa
R$ 46,25
Valor total:
R$ 46,25
Versão
ebook
R$ 15,07
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 46,25
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Sérgio é um policial militar que ainda jovem perde sua filha vitimada por um problema congênito no coração. Os anos passam, mas a lembrança da linda Juliana não sai da cabeça de Sérgio, que segue uma vida regrada e voltada para o cumprimento de suas obrigações, porém sem o brilho que sua filha daria à sua vida. O destino o leva à cidade de Salvador, onde está Maria Eugênia, uma Fisioterapeuta também dedicada ao seu trabalho. Como se seus caminhos estivessem traçados por linhas tortas para fazê-los cruzar numa noite chuvosa, nem de longe imaginavam o que um encontro despretensioso mudaria suas vidas com um desfecho surpreendente.

Características
ISBN 978-65-990-6029-8
Número de páginas 372
Edição 2 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
ANTÔNIO SÉRGIO CARRÉRA DE ALBUQUERQUE MELO

Natural de Recife-PE, é pós graduado em Gestão de Segurança Pública e Defesa Social. Integrou as fileiras do Exército brasileiro como Oficial R/2 da Arma de Infantaria, onde serviu por oito anos em três organizações militares. Após seu afastamento do Exército, ingressou na Polícia Militar do Distrito Federal e fez carreira até o posto de tenente-coronel, encontrando-se atualmente na reserva. Na área profissional, foi comandante de unidades PM, destacando-se o Batalhão Barão do Rio Branco e o Batalhão de Operações Especiais. Possui cursos na Academia Nacional no FBI (EUA), no Centro de Capacitação Internacional MASHAV (Israel), no Ministério do Interior da China e no Centro de Criminalística da PMERJ (Brasil), dentre outros. Integrou a Operação de Paz da ONU em Moçambique (ONUMOZ) como Observador Policial.

Comentários
0 comentários