Voos de Borboleta
Coletânea de 178 Haicais (2a. Edição)
Categorias
Artes e Entretenimento, Literatura Nacional, Poesia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 7331 vezes desde 18/04/2015
Versão
ebook
R$ 29,44
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 29,44
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Nos primórdios do Japão o suicídio do samurai era cercado de rituais como recitar um haicai que simbolizasse a essência de sua vida. Nos dias atuais, sem precisar matar ninguém, a não ser de prazer de ler, Chris Herrmann domina essa técnica milenar com a mesma graça e suavidade das borboletas que tão bem a representam. Chris é nossa versão feminina de Leminski, nosso Millôr de saias. Merece todo o sucesso do mundo!

Lourdes Maria Alvarez Rivera

Psicanalista

Características
ISBN 978-3-00-049434-5
Número de páginas 57
Edição 2 (2015)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Chris Herrmann

Chris Herrmann é musicista, editora, escritora, poeta carioca, radicada na Alemanha desde 1996. No Brasil, estudou Literatura, Música e Webdesign. É pós-graduada em Musikgeragogik na Alemanha. Organizou e participou de diversas antologias de poesia. É autora dos livros de poesia Voos de Borboleta (Tubap/Clube de Autores, 2015), Na Rota do Hai y Kai (Tubap, 2015), Gota a Gota (Scenarium, 2016), Cara de Lua (Sangre Editorial/Mulheres Emergentes, 2019), dos romances Borboleta — a menina que lia poesia, São Paulo: Patuá, 2018 e Peccatum (Arribaçã Editora, 2020), e de contos Entre Amoras e Amores (Ser MulherArte Editorial, 2020). Tem poemas publicados (em algumas também colaborou como autora) nas revistas eletrônicas Algo a Dizer (colaboradora), Zona da Palavra, Blocos Online (colunista), Revista Plural — Scenarium (colaboradora), Mallarmargens (colaboradora), Germina, Ruído Manifesto, Revista Caliban, Literatura & Fechadura, Mirada, entre outras. É editora da Revista Ser MulherArte.

www.christinaherrmann.com

www.sermulherarte.com

http://anchor.fm/podsermulherarte

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
13 comentários
Neuza Maria Holander
Sexta | 01.05.2015 às 12h05
Olá, como vai? Parabéns pelo livro! Te convido a visitar a pagina do meu livro ESPÍRITO DE LUTAS e ler um pouco dele. Grande abraço e muito SUCESSO PRA VOCÊ!
Tania Ziert Baião
Segunda | 27.04.2015 às 18h04
Amei a ideia! Seus Haicais inspiram e iluminam menus dias! Obrigada por dividir conosco. Que o sucesso seja imenso: do tamanho do seu talento.
valéria magalhães
Segunda | 27.04.2015 às 17h04
Realmente o título "vôos de Borboleta" retrata toda a leveza, beleza e simplicidade da natureza e se expressa divinamente em seus Haicais, Parabéns! Chris Borboleta. Sucesso e continue a voar!
Paulo Martins Magalhães
Segunda | 27.04.2015 às 11h04
Sou suspeito pra fazer elogios, por ser irmão, mas, por outro lado, essa condição me faz compreender a profundidade e as motivações da produção poética da Christina. Enfim, é mais um trabalho onde a dedicação e a inspiração promovem um belo encontro. Beijos e parabéns.
Vera Ione Molina Silva
Domingo | 26.04.2015 às 22h04
Os haikais de Chris Herrmann têm a leveza do voo das borboletas, além de obedecerem rigorosamente a versificação própria desses poemas. O resultado disso são versos belos e com musicalidade..
Lourdes Rivera
Domingo | 26.04.2015 às 20h04
Nos primórdios do Japão o suicídio do samurai era cercado de rituais como recitar um haicai que simbolizasse a essência de sua vida. Nos dias atuais, sem precisar matar ninguém, a não ser de prazer de ler, Chris Hermann, domina essa técnica milenar com a mesma graça e suavidade das borboletas que tão bem a representam. Chris é nossa versão feminina de Leminski, nosso Millôr de saias. Merece todo o sucesso do mundo!
Jose Reginaldo da Silva
Domingo | 26.04.2015 às 20h04
Chris Herrmann,uma poetisa sutil,que tem suavidade nas palavras, sua escrita é um jardim encantado e sua poesia é "VOOS DE BORBOLETAS".
Maria Goreti Rocha
Domingo | 26.04.2015 às 19h04
Em seus haicais, Chris Herrmann nos leva a flutuar, suave e levemente, sobre um jardim, onde as letras foram cuidadosamente semeadas e regadas com a seiva do amor, levando-nos a meditar na preciosidade contida em tão poucas sílabas, em apenas três versos, muito bem estruturados - coisa que a “Borboleta Chris” faz com maestria.
Alvaro Marques
Sábado | 25.04.2015 às 17h04
Como no mais célebre haicai de todos ("O velho tanque / Uma rã mergulha / Barulho de água" - Bashô, 1686), o talento de Chris Hermann nos faz mergulhar nos mais profundos mistérios da alma humana com inigualável e inopinada leveza!
Virginia Finzetto
Sábado | 25.04.2015 às 12h04
Parabéns, Chris, eu adoro seu trabalho e a sensibilidade de suas poesias no Face me encantam e me acompanham diariamente. Muito sucesso neste relançamento, que irei conhecer também, sem dúvida. Beijos.
Jonas Pessoa do Nascimento
Sábado | 25.04.2015 às 11h04
Chris, a leveza de sua poesia leva o leitor a entrar em contato com a simplicidade das coisas, da natureza, da vida, tendo como recompensa o massagear das palavras que chegam sem o peso e sem o impacto de denunciarem as coisas mais duras da vida.
Adriana Aneli Costa Lagrasta
Segunda | 20.04.2015 às 17h04
Chris Herrmann é artesã da poesia. Neste livro, 178 poemas-origami desprendem-se do papel e ganham o mundo... asas que carregam nosso imaginário, garantem pouso sobre uma realidade desvendada pelos olhos da mestre. Parabéns por esta segunda edição: reencanto!
Chris Herrmann
Domingo | 19.04.2015 às 11h04
Olá, Samuel. Agradeço seu oferecimento gentil. O meu livro já está pronto também no formato ePub. Fiz o upload mas não sei porque ainda não aparece. De qualquer modo, é ótimo saber que você também edita neste formato, até para que outros interessados possam te contatar. Um abraço. Chris