Go_to_top Bar
Seu carrinho está
vazio

Publique livros gratuitamente

Clube de Autores é a maior comunidade de autopublicação da América Latina. Inicie agora!

Dos sentimentos que apontam para o alto

Ajaxloader
por
R$ 28,28

Sinopse

Diógenes, ou o solado do meu pé como calçado

Quase que o vento me leva

Por meus desprendimentos

Não tenho bens nem outras cargas

Nem almejo algum provento

Se a norma é ter prefiro ser

Para seguir sempre adiante

Sem qualquer coisa para suster

Além de um coração itinerante

Nada espero do amanhã

Em nostalgias do passado

O presente é meu afã

Ao qual jamais estou fadado

Qual não me importa saber

Meu des-limite é tudo isso

Que vem logo após meus passos

De encontro ao paraíso

Categorias: Poesia
Palavras-chave: cordel, literatura, moderna, poesia, poetas

Características

Cover_front_perspective
Número de páginas: 67

Edição: 1(2011)

ISBN: 978-1-257-93125-5

Formato: A5 148x210

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Brochura c/ orelha

Tipo de papel: Offset 75g

Reconhecimento

Sobre o autor

Mini
Wellington Amancio

Mestrando em Ecologia Humana pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) com pesquisa sobre os Sentidos do Lugar nos discursos e nas práticas das comunidades quilombolas do semiárido alagoano. Vinculado ao Grupo de Pesquisa Ecologia Humana (CNPq) e ao Núcleo de Estudos em Comunidades e Povos Tradicionais e Ações Socioambientais (NECTAS) UNEB/CNPq. Formação complementar Ensino de Filosofia (2015) - UCAM; Pedagogo - Universidade do Estado da Bahia (2013). Tem experiência em Educação e Epistemologias, e em pesquisa Etnográfica e Fenomenologia. Desenvolve pesquisas acerca das imagens e das condições de indigência, bem como de outras representações do corpo-negativo. Pesquisa de forma independente no campo da Filosofia, Linguagem e formas discursivas, desenvolve projeto de doutorado em História das representações da Natureza no Ocidente. Publicou dezenas de artigos em revistas científicas.


Mais publicações desse autor

Comentários - 2 comentário(s)


Mike Oliveira
A poesia definitivamente se torna "massa",pedra,concreto.Melhor dizer:DEFINIDAMENTE,pois nesse ,pós-hibridismos de sentimentos,está azeitada uma receita semi-intuitiva rara,que só sabe fazer que tem dom.Palmas para este fisionomista que tem em seu sangue, terroso arenito-calcário de sentimento desatino.Por assim ser, não tem intuição ,e sim raiz,pronta no seio da palma da esfera blue-índigo. Terra.
Domingo às 21:07

Carlos Amusset
Certamente um dos melhores escritores contemporâneo de Alagoas. Depois de Jorge de Lima, estaríamos possivelmente diante de um daqueles raros vultos da poesia – espero que escreva por longos anos! Em “A Fisionomia das Pedras” encontramos toda uma produção iniciada em 1996: um texto altamente colorido de sentidos e de estilos. Aqui tudo vale à pena! Poesia instigante que chama à reflexão, como nos velhos tempos!
Domingo às 18:28

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


Como funciona

Passo 1

Você publica seu livro online, gratuitamente.

Passo 2

Você diz quanto quer receber de direitos autorais.

Passo 3

Nós vendemos e você recebe o dinheiro por depósito direto na sua conta.

Serviços profissionais

Conheça nossos serviços

São vários serviços para auxiliá-lo em sua obra:

Depoimentos

"Eu devo a você Fred e ao Clube de Autores muita coisa, depois que conheci vocês, muitas premiações eu recebi e sei que as Publicações de meus livros me ajudaram muito. Tenho que agradecer pela prestação dos serviços de vocês pela lisura dos profissionais. Muito Obrigado é pouco indico sempre o ..."

Nancy Cobo

Formas de Pagamento (até 12x)

Segurança

Print


Clube de Autores Publicações S/A   CNPJ: 16.779.786/0001-27

Rua Otto Boehm, 48 Sala 08, América - Joinville/SC, CEP 89201-700