A declaração universal dos direitos dos animais na perspectiva abolicionista de Peter Singer
Categorias
Ecologia, Ética E Filosofia Moral, Direitos Dos Animais, Natureza, Filosofia, Animais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1238 vezes desde 07/08/2018
Versão
impressa
R$ 42,09
Valor total:
R$ 42,09
Valor total:
R$ 42,09
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Objetivo da análise crítica sobre a Declaração Universal dos Direitos dos Animais (DUDA), sob a luz da perspectiva abolicionista de Peter Singer, se deve ao fato da ineficiência da própria declaração como documento norteador em defesa dos outros animais.

A inadequada política dos países e a persistente falta de respeito da sociedade aos direitos e valores intrínsecos dos outros animais levam constantemente a humanidade a cometer crimes contra a natureza.

A falta de informação e educação sobre ética animal abolicionista nas escolas/universidades, leva ao desrespeito pelo próximo. O desconhecimento do direito a coexistir com outras espécies leva ao genocídio. O desprezo da capacidade de senciência (sentir/consciência) dos outros animais está intimamente relacionado com a falta de empatia e compaixão com a nossa própria espécie.

A DUDA reconhece todos os animais como sujeitos de direito?

Uma análise crítica da DUDA, sob a perspectiva abolicionista de Peter Singer, traz luz à resposta.

Características
ISBN 978-85-924701-1-1
Número de páginas 136
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 90g
Fale com o autor
Sérgio Augusto

Formado em Ciências Biológicas, com especialização em Bioética pela Universidade de Brasília (UNB).

Área de pesquisa Ética Animal Abolicionista.

Professor de Biologia e Ciências da rede pública de ensino.

Compositor e Baterista da herbivoria.com.br

Membro fundador da Frente de Libertação Animal Brasília/DF (FALA).

Vegano ativista desde 2008, pai da Ana Luiza e companheiro de vida de Andrezza e de mais de 20 felinos.

Página pessoal. www.sergioaugusto.com

Página pessoal: sergioaugusto.com

Herbivoria: herbivoria.com.br

Comentários
0 comentários