A Independência do Brasil e a educação necessária
Código do livro: 396960
Categorias
Educação de Filhos, Educação
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 101 vezes desde 15/09/2021
Versão
impressa
R$ 43,92
Valor total:
R$ 43,92
Versão
ebook
R$ 21,96
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 43,92
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A independência do Brasil aconteceu em 1822 e teve como grande marco simbólico o "grito da independência", que foi realizado por Pedro de Alcântara (D. Pedro I), às margens do Rio Ipiranga, no dia 7 de setembro.

Contudo, mesmo após 199 anos, o País carece do que há de mais essencial para que essa independência se consolide: educação de qualidade, inclusiva e comprometida com o desenvolvimento pleno do povo.

Sem educação não há democracia, a cidadania não se efetiva e a igualdade delineada na constituição Federal de 1988 não encontra condições essenciais para sua concretização.

Os quatro capítulos que integram o presente livro provocam uma reflexão que apresenta algumas iniciativas que podem contribuir para mudar o cenário de descrença em relação a uma convicção historicamente concebida e que identifica o Brasil como o País do futuro.

No capítulo inaugural a Dra. Hilda Karina da Silva Lobato aborda a educação ribeirinha no estado do Pará e os desafios que ela enfrenta devido ao descaso governamental. Na mesma oportunidade apresenta a sua importância no processo identitário dos ribeirinhos e a necessidade de reconhecê-la como uma força de resistência contra-hegemônica no que se refere à educação tradicional. Por fim, promove sua apresentação como um instrumento fundamental ao desenvolvimento da cidadania nessas comunidades.

Francélia de Jesus Uchôa Paiva, Claudéte Inês Kronbauer e Ary Luiz de Oliveira Peter Filho assinam o excelente “Resolução nº 1, de 30 de maio de 2012 e o Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos como instrumento que contribuir para a efetivação do primado da independência no Estado brasileiro” (capítulo 2) e provocam uma profunda reflexão sobre a importância do respeito ao semelhante como requisito da idealizada independência nacional.

Já no capítulo 3, Leilane Virgínia Vieto Penariol, François Silva Ramos e Marcos de Oliveira Gonçalves Toledo abordam a proposta de pedagógica de Loris Malaguzzi e sua aplicabilidade na educação infantil durante a pandemia de covid-19 como uma ferramenta a contribuir com a formação ética, para o respeito à diversidade e o exercício da cidadania e sua possível contribuição na consolidação dos valores da Independência do Brasil.

No capítulo de encerramento, as acadêmicas Flávia Claudino Bessa; Keila Fagundes; Leandra Sinara de Oliveira; Poliana Freitas Rodrigues; do curso de graduação em Biomedicina da Uniasselvi tratam de como a intoxicação alimentar ainda é um problema da saúde pública quase dois séculos após a Independência do Brasil e refletem sobre a imprescindibilidade da educação no processo de seu enfrentamento.

Assim, o leitor tem em mãos uma obra que pode contribuir para o desenvolvimento de uma reflexão crítica sobre a realidade brasileira no século XXI.

Características
ISBN 9786500303513
Número de páginas 104
Edição 1 (2021)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Polen

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Hilda Karina da Silva Lobato, Claudéte Inês Kronbauer; Leilane Virgínia Vieto Penariol; François Silva Ramos.

Pós-doutorado em Psicologia pela Universidad Kennedy (2019). Doutor em Ciências da Educação pela Universidad Internacional Tres Fronteras (2016) revalidado pela Universidade Anhanguera de São Paulo - UNIAN (2020). Mestre em Educação pela Universidade de Uberaba (2012). Recebeu os títulos de Doutor Honoris Causa em Ciências Jurídicas da Emill Brunner World University (EBWU -2020) e Doutor Honoris Causa em Direitos Sociais e Humanitários pelo Centro Sarmathiano de Altos Estudos Filosóficos e Históricos (2020). Especialista em Educação Ambiental (FAZU-2000), Direito Educacional (CEUCLAR-2007), Direito do Trabalho (UNIP-2011), Direito Administrativo (FACEL - 2017), Direito Empresarial (FACEL - 2017), Direito Penal e Processual Penal (Faculdade Futura - 2018), Filosofia e Sociologia (Faculdade Futura - 2018), Etnologia Indígena (Faculdade Dom Alberto, 2020) e Educação em Direitos Humanos, diversidade e questões étnico-sociais ou raciais (Faculdade Dom Alberto, 2021). MBA em Controladoria e Finanças (Faculdade Futura - 2019). Possui graduação em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo (1999) e Direito (2006), ambas pela Universidade de Uberaba, Formação Pedagógica em Pedagogia (Faculdade Ideal - 2017) e Licenciatura em História (Faculdade Unyleya – 2021). Professor na Faculdade Presidente Antônio Carlos (FUPAC/UNIPAC-Uberaba), onde leciona para os cursos de Direito, Administração, Ciências Contábeis, Logística e Gestão Comercial. Professor Emérito do Programa de Mestrado e Doutorado em Filosofia e Ciências da Educação da Emill Brunner University (EBWU-USA) e do Programa de Mestrado em Psicologia do Instituto Universitário Euro-América. Acadêmico Imortal titular da cadeira 90 da Confederação de Ciências Letras e Artes do Brasil CONCLAB.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários