Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
A Oitava Praga
A invasão alienígena
Categorias
Literatura Infanto Juvenil, Diversos
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 15387 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
de R$ 39,42 por
R$ 33,35
Valor total:
R$ 33,35
Versão
ebook
R$ 33,37
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 33,35
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

"A água era escassa e somente podíamos beber com uma espécie de antídoto. Era um líquido azul claro, que era misturado ao líquido.

Sem aquilo ocorria um envenenamento, com morte lenta e dolorosa, muitas vezes toda a orofaringe era praticamente queimada, causando dores lancinantes aos que desafiavam o sistema.

As criaturas, quando exterminaram os humanos na sua chegada, haviam cultivado primeiramente um tipo de árvore que por um processo químico envenenava a água, e a tecnologia de fabricação do antídoto pertencia a eles.

Dessa forma puderam facilmente escravizar a humanidade que não conseguia outra fonte para saciar sua sede.

A árvore disseminava-se rapidamente, por dispersão de sua semente. Assim que germinava iniciava uma espécie de competição, lançando um veneno ao seu redor que eliminava a concorrência e ao mesmo tempo penetrava no solo até atingir a fonte de captação de água, envenenando- a. A humanidade havia contribuído para o envenenamento com a poluição, que contribuía para a acidez do líquido vital."

Estima-se que o universo conhecido tenha 100 bilhões de galáxias contendo aproximadamente 100 bilhões de estrelas em cada galáxia. Haveria vida apenas em nosso planeta? Certamente não. Podemos aprofundar um pouco a questão. Havendo vida em outros planetas essas vidas estariam inclinadas para o bem ou para o mal?

Fomos invadidos, e agora?

Características
Número de páginas 76
Edição 1 (2009)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Orácio Felipe

Sobre o autor

Julis Oracio Felipe é natural de Curitiba, tendo morado em Joinville muitos anos, até ser contratado, em 2002, como advogado na empresa Battistella, para a área ambiental e de terras.

"Não conhecia a cidade e fui me adaptando. Hoje sinto-me rio negrinhense, com muitos amigos na cidade e totalmente integrado."

Iniciou na escrita participando de um concurso, em 1988 (Prêmio Lacesa Jovem escritor – 88), no segundo grau, um concurso de contos, concurso apresentado pela professora de língua portuguesa e literatura.

"Dali para frente não parei mais de escrever. Primeiro os contos, depois poesias."

Apos algum contato com a literatura aprendeu uma técnica de escrita, lendo um livro de autora brasileira que orientava como iniciar-se como escritor. "A partir dai lancei-me numa verdadeira aventura, compondo historias e mais historias.

Também iniciei na escrita de livros técnicos de direito e gestão ambiental, minha especialidade."

Atualmente é mestrando em bioética pela universidade Miguel de Cervantes, na Espanha. " Nome sugestivo" brinca o autor, pois Miguel de Cervantes é famoso escritor.

"Não há coincidências". O autor também foi professor voluntario no projeto pescar da empresa Battistella lecionando a disciplina "Despertando o interesse pela leitura" onde, entre outras atividades ensinou os jovens as técnicas de como escrever poesias, contos e romances.

Sobre o clube

A aventura de escrever iniciou na área jurídica, no direito imobiliário e depois no direito florestal.

"Em seguida publiquei meu primeiro romance policial, Washington DC, sobre bioterrorismo.

Logo em seguida, diante da febre do romance Crepúsculo, sobre a saga de uma família de vampiros, enveredou na mesma temática e escreveu Occasum, ambos pela Editora Giz Editorial, de São Paulo.

Sobre as obras

O autor tem diversos livros publicados, livros de poesias, contos, livros técnicos e romances.

"Tenho especial carinho pelas obras, são fruto da criatividade, da dedicação e disciplina de escrever, mas em especial tenho carinho pelas poesias haicai, uma métrica japonesa que nos coloca em profundo contato com a natureza e com Deus. "

Comunidade Clube de Autores: clubedeautores.ning.com/profile/OracioFelipe

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 43,34
R$ 37,27
Ebook
R$ 39,82
Impresso
de R$ 28,78
R$ 22,72
Ebook
R$ 12,92
Impresso
de R$ 41,73
R$ 35,66
Ebook
R$ 38,75
Impresso
de R$ 39,83
R$ 33,77
Ebook
R$ 38,75
Impresso
de R$ 41,85
R$ 35,79
Ebook
R$ 38,75
Impresso
de R$ 38,84
R$ 32,78
Ebook
R$ 38,75
Impresso
de R$ 39,66
R$ 33,60
Ebook
R$ 33,37
Impresso
de R$ 43,52
R$ 37,46
Ebook
R$ 33,37
Impresso
de R$ 33,66
R$ 27,60
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 38,88
R$ 32,82
Ebook
R$ 33,37
Impresso
de R$ 32,72
R$ 26,65
Ebook
R$ 27,98
Impresso
de R$ 38,30
R$ 32,24
Ebook
R$ 44,13
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 31,88
R$ 25,81
Impresso
de R$ 30,38
R$ 24,31
Ebook
R$ 12,92
Impresso
de R$ 31,26
R$ 25,20
Impresso
de R$ 49,56
R$ 43,49
Impresso
de R$ 49,59
R$ 43,53
Ebook
R$ 16,45
Impresso
de R$ 32,30
R$ 26,23
Ebook
R$ 12,92
Impresso
de R$ 36,82
R$ 30,76
Impresso
de R$ 36,44
R$ 30,37
Ebook
R$ 19,37
Impresso
de R$ 34,08
R$ 28,01
Comentários
11 comentários
Julis Oracio Felipe
Domingo | 17.08.2014 às 14h08
Contatos com o autor: Facebook: Refrigério da Alma
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Para os que iniciam na verdadeira saga de escrever um livro recomendo o livro "Você já pensou em escrever um livro" de Sonia Belloto. Uma obra-prima no Brasil que nos despertou para o fascinante mundo da literatura.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Tão logo encerrei o livro visualizei a capa da vasta biblioteca do clube e a escolhi, por lembrar a imensidão do univeros e posicionar o livro como um livro de ficção científica, que trata de genética e inclusive do poder da internet no auxílio ao combate de problemas que necessitam de ação global.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Coloco esse espaço cedido pelo clube para discutirmos sobre vida fora da terra, avistamentos, relatos e comentários sobre a obra.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
O título A Oitava Praga surgiu das pragas do Egito, enviadas por Deus para convencer o Faraó a libertar o povo de Moisés. Histórias bíblicas são também uma paixão do autor desde os tempos de criança.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Com a devida reverência, o livro A Oitava Praga segue a linha de Guerra dos Mundos, um conto que assombrou em virtude de ter sido lido em rádio, ao vivo, enlouquecendo a população ouvinte que saiu as ruas para ver o que ocorria, refilmado recentemente com Tom Cruise como ator principal.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Recentemente, ao navegar pela rede fazendo divulgação, dei de cara com notícias recentíssimas sobre objetos voadores vistos no Brasil e na Rússia, logo próximo a virada do ano. No Brasil, foi em Peruíbe, e na Rússia foi em Moscou. Ao longo da história são vários relatos e documentos de avistamentos, uns claramente fraudados mas outros que permanecem uma incógnita até hoje.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Da pesquisa e dos textos lidos e filmes vistos encontramos relatos de astronautas e cosmonautas sobre a visualização de estranhos seres e naves. Afinal, porque os primeiros homens que pisaram na lua lá deixaram a mensagem: Viemos em paz? Devemos pensar a respeito.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Sempre fui aficcionado por ufologia. Num passado recente conheci num sebo o presidente de uma associação ufológica em Joinville, Santa Catarina, que tinha a maior biblioteca estadual sobre o tema, com livros e fitas de vídeo. Foi o suficiente para o encantamento quanto ao tema. A partir daquele momento passei a olhar mais para as estrelas, e todo um novo universo surgiu. Iniciei pesquisas e realmente temos que acreditar, pela grandeza do universo, que não estamos sós.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
Tem livros publicados no clube nas áreas de direito ambiental, sustentabilidade e diversos livros de ficção.
Sábado | 09.01.2010 às 13h01
O autor nasceu em Curitiba, na década de 1.970, residiu em Joinville e atualmente vive em Rio Negrinho, estado de Santa Catarina, uma cidade com aproximadamente 40.000 habitantes, "uma cidade para criar os filhos com tranquilidade e segurança, além de rodeada de recursos naturais belíssimos, distando apenas cerca de 150 km do litoral mais belo do Brasil". Auta como advogado e adota o pseudônimo de seu desconhecido avô paterno, em sua homenagem