Aurora
Categorias
Livre Arbŕtrio & Determinismo, Filosofia / Religião, Bem & Mal, Não Ficção, Filosofia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 16 vezes desde 19/02/2021
Versão
ebook
R$ 15,49
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 15,49
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Publicado em 1881, Aurora prossegue no estilo aforístico da filosofia de Friedrich Nietzsche (1844-1900), inaugurado com Humano, demasiado humano (1878). Em 575 aforismos - cuja extensão varia de duas linhas a algumas páginas -, Nietzsche elabora sua crítica da moral cristã-ocidental e dos conceitos a ela associados, como "alma", "Deus", "pecado", "sujeito" e "livre-arbítrio", que segundo o filósofo seriam ficções prejudiciais à vida. No subtítulo do livro, a palavra "preconceito" é usada no sentido filosófico de concepção formada antes do julgamento (um "pré-juízo").

A epígrafe ("Há tantas auroras que não brilharam ainda", extraído das escrituras hindus) explica o título e traduz a esperança nietzscheana de um mundo novo, livre das ilusões religiosas, morais e intelectuais criticadas pelo filósofo.

Ao lado de A gaia ciência, é o livro que Nietzsche considerava mais pessoal e pelo qual tinha mais simpatia.

Friedrich Wilhelm Nietzsche (Röcken, Reino da Prússia, 15 de outubro de 1844 – Weimar, Império Alemão, 25 de agosto de 1900) foi um filósofo, filólogo, crítico cultural, poeta e compositor prussiano do século XIX, nascido na atual Alemanha.

Escreveu vários textos criticando a religião, a moral, a cultura contemporânea, filosofia e ciência, exibindo uma predileção por metáfora, ironia e aforismo.

Suas ideias-chave incluíam a crítica à dicotomia apolíneo/dionisíaca, o perspectivismo, a vontade de poder, a morte de Deus, o Übermensch e eterno retorno.

Sua filosofia central é a ideia de "afirmação da vida", que envolve questionamento de qualquer doutrina que drene uma expansiva de energias, não importando o quão socialmente predominantes essas ideias poderiam ser.

Seu questionamento radical do valor e da objetividade da verdade tem sido o foco de extenso comentário e sua influência continua a ser substancial, especialmente na tradição filosófica continental compreendendo existencialismo, pós-modernismo e pós-estruturalismo.

Suas ideias de superação individual e transcendência além da estrutura e contexto tiveram um impacto profundo sobre pensadores do final do século XIX e início do século XX, que usaram estes conceitos como pontos de partida para o desenvolvimento de suas filosofias.

Mais recentemente, as reflexões de Nietzsche foram recebidas em várias abordagens filosóficas que se movem além do humanismo, por exemplo, o transumanismo.

Características
Número de páginas 0
Edição 1 (1881)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Colorido
Tipo de papel Offset 75g
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 44,87
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 38,72
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 49,61
Ebook
R$ 19,80
Impresso
R$ 36,74
Ebook
R$ 17,65
Impresso
R$ 34,75
Ebook
R$ 18,94
Impresso
R$ 50,42
Ebook
R$ 19,39
Impresso
R$ 39,16
Ebook
R$ 14,42
Comentários
0 comentários