Burburinho Perene
O nascedouro e os bastidores da ditadura militar, do comunismo e dos comunistas
Categorias
Literatura Nacional, Jovens e Adolescentes, Ficção e Romance
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 475 vezes desde 08/12/2017
Versão
impressa
R$ 59,62
Valor total:
R$ 59,62
Versão
ebook
R$ 14,36
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 59,62
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Romance Burburinho Perene, a ditadura e o mundo universitário

Burburinho Perene é emocionante! Uma história que aborda o nascedouro e os bastidores da DITADURA MILITAR e aponta com uma realidade impressionante as ações dos comunistas no dia a dia do país. E escancara impiedosamente para o mundo, a cara do comunismo e a convivência dessa mesma DITADURA entre os universitários dentro e fora das universidades.

Burburinho Perene conta com cuidado milimétrico uma paixão avassaladora entre um casal de jovens, que viveram dentro e fora da universidade com os terrores da DITADURA. Ela, agente secreto do sistema de governo ditatorial, preparada para procurar, encontrar e matar terroristas e comunistas. Ele, envolvido por influências dos amigos se deixou levar até o recrutamento e o treinamento (praticados descaradamente pelos padres comunistas dentro das suas próprias igrejas), para aderir ao comunismo; e sem querer transformou-se em uma futura vítima da mulher amada. Colocaram nele, o cognome dos comunistas, sem que ele fosse comunista.

Burburinho Perene adentra no mundo dos universitários, local em que os ditadores fizeram e desfizeram o que bem entenderam. Naquela época as universidades de ensinos superiores eram um ambiente cheio de emoção, privação e delação. Instituições estas que eram endeusadas por uma pequena minoria dos filhotes da sociedade acomodada que praticamente não viveram e não sofreram as agruras, e o desconforto de ser incomodados pelos ditadores que se apossaram dos assentos do palácio do planalto. O outro lado da moeda, os filhos dos proletariados que frequentavam as salas da universidade; calçados com sandálias de dedo, transportados por ônibus velhos caindo aos pedaços, calças e camisetas jeans desbotadas pelo excesso de uso, sem condições financeiras de almoçar um prato de comida com o valor de cinquenta por cento subsidiados no restaurante universitário. Para as crias dos proletários, professores rebeldes e inconformados, a universidade federal como um todo, não valia nada. Talvez valesse menos que o excremento dos cavalos abandonados que perambulavam por suas dependências.

Burburinho Perene também chega próximo do bem e do mal, que a prostituição causa para a sociedade hipócrita, que insiste em não olhar da maneira correta para o comércio do sexo que é praticado desregradamente em todas as ruas e esquinas por onde ela passa. A cegueira da hipocrisia transforma as crianças e os adolescentes nos maiores prejudicados diante dos crimes de pedofilia. E por extensão, as meninas são violentadas e passam a conviver com a gravidez indesejada.

Burburinho Perene é um romance cheio de amor, paixão, aventura e revelações da ditadura que deixará o leitor embasbacado, sem saber se deve amar ou odiar os tempos perdidos que não voltarão jamais e que de forma alguma trarão os desaparecidos e muito menos os que morreram.

Os poderosos da cidade: o Valdevino Frade e o Marenilson Junqueira, com a mesma facilidade que eles mandavam matar, eles amavam e perdoavam os seus amores e seus filhos únicos, mas nada de perdão para quem não merecia. A influência dos dois vai levar o leitor a conhecer a cúpula do comando do regime militar, será um momento de desencantamento, talvez sim, talvez não.

Burburinho Perene vai mostrar muito mais do que isto: uma entrevista íntima com um dos Presidentes Ditadores e a exclusividade da leitura de um dos seus discursos.

Burburinho Perene mostra no bojo do seu encantamento a força e a beleza feminina da Lindinalva, Madame Benigna, Waléria, Clarisse, Tarcila e a poetisa Jocelina de quem o leitor terá a grata satisfação de conhecer a leveza, a maciez e a aspereza dos seus poemas revestidos de paixão.

Leia mais no site: www.maismuitomais.com

Características
ISBN 978-85-909174-8-9
Número de páginas 614
Edição 2 (2017)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Edvan Brandão

EDVAN BRANDÃO escritor paraense de coração, por ter afinidade com tudo que é do Pará, jornalista, professor Especialista em Língua Portuguesa e Literatura, escreve suas crônicas no site MAISMUITOMAIS.COM e lá ele também aborda assuntos relacionados com as obras do escritor EDVAN BRANDÃO. E será por meio do cronista que os seus leitores poderão vivenciarem o seu humor e inteligência nas palavras duras e merecidas em assuntos diversos do dia a dia sem fraquejar por qualquer motivo que seja em suas crônicas na página QUALÉMEU?

EDVAN BRANDÃO filho adotivo por opção da cidade de Belém, terra da mangueira e do açaí, já que o seu torrão natal Coroatá—Maranhão encontra-se tão próximo, oito horas de viagem no conforto de um carro próprio, pois é, este filho que forçou sua adoção, ele que chegou e nunca mais partiu, nasceu em 1948 na cidade de Coroatá no município do mesmo nome, localizado no querido estado do maranhão, onde morou durante os doze primeiros anos da sua infância impregnada pelas riquezas das criativas brincadeiras interioranas que certamente serviram para ajudar moldar o universo da fantástica imaginação do escritor. Imaginação esta, que desde sua tenra idade foi alimentada no sentido de tirar proveito dela, para escrever muitas histórias no futuro. E foi exatamente o que aconteceu!

Depois que foi fechado o ciclo desta idade de ouro 12 anos, vivendo em contato direto com a natureza, brincando com os seus personagens imaginários que povoaram o quintal da sua casa, eles que corriam armados e fardados, gritando, pulando, chorando, sorrindo e subindo nas árvores infinitamente maiores do que os participantes das brincadeiras reais ou imaginárias. O garoto que sonhava em ser escritor, mudou-se definitivamente para São Luís, e desde então passou a visitar o seu mundo interiorano apenas nas férias, quando retornava para ocupar o controle do seu território absoluto: a casa dos seus avós!

Seus pais: Esmerino Martins Brandão e Antônia Pereira dos Santos Brandão. Casado com a mulher que o acompanha há mais de trinta anos, nas alegrias e nas tristezas Sônia Maria (carinhosamente Soninha) psicóloga psicoterapeuta.

O escritor EDVAN BRANDÃO tem dois filhos: Thiago, o primeiro filho com a sua primeira mulher Edna. E Edvan Brandão Júnior, filho com a sua mulher atual a Soninha.

Para maiores informações acesse o site: https://maismuitomais.com

E acesse também: https://maismuitomais.com/Edvan_Brandao_e_os_livros.php

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,31
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 44,00
Ebook
R$ 13,88
Impresso
R$ 36,21
Ebook
R$ 13,13
Impresso
R$ 62,88
Ebook
R$ 15,07
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,41
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 31,55
Impresso
R$ 53,50
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 36,75
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 63,46
Impresso
R$ 67,40
Ebook
R$ 22,27
Impresso
R$ 32,78
Ebook
R$ 11,84
Comentários
0 comentários