Original
Go_to_top Bar
Seu carrinho está
vazio
Olá

Clube de Autores é a maior comunidade de autopublicação da América Latina. Inicie agora!

Livro CLEÓPATRA

EM MOEDAS

Por: ADEILSON NOGUEIRA Denunciar

Ajaxloader
de
R$ 42,00
por
R$ 37,46
por
R$ 22,60

Sinopse

Plutarco (Antônio 27.2) comenta que Cleópatra não era excessivamente bela, mas que o charme de sua presença era irresistível e isso, combinado com sua peculiar força de caráter, fez com que todos os que a associavam fossem atraídos pelo seu feitiço.

"Por sua beleza, como nos dizem, não era por si só incomparável, nem como atacar aqueles que a viam, mas conversar com ela tinha um charme irresistível e sua presença, combinada com a persuasão de seu discurso e do caráter. que de alguma forma foi difundida sobre seu comportamento em relação aos outros, tinha algo de estimulante sobre isso". (trad. B. Perrin)

Evidências nusmáticas confirmam o testemunho de Plutarco. Nas moedas, Cleópatra é retratada de maneira realista, com um grande e decisivo nariz aquilino e testa proeminente. As moedas de Cleópatra também documentam suas aspirações e a história de seu reinado (51-30 aC).

Cleópatra, a terceira filha de Ptolomeu XII Auletes, nasceu em 69 a.C. Depois que o pai morreu em 51 a.C, ela e seu irmão mais novo (Ptolomeu XIII) se tornaram monarcas conjuntos. Durante a guerra civil entre César e o Senado Romano (49 A.C), Cleópatra se aliou a César, famosa por se enrolar em um tapete. César fez Cleópatra Rainha do Egito em 48 a.C. Cleópatra cunhou moedas em Alexandria com o retrato delas (como qualquer governante tinha o direito de fazer).

Em 41 aC, depois da morte de César, Antônio convocou Cleópatra para interrogá-la sobre sua lealdade. Ela e Antony também começaram um caso que resultou em três filhos. Após a conquista da Armênia por Antônio em 34 a.C, o relacionamento se materializou em moedas. Moedas (RRC 543/1, 545 / 1-2) foram acertadas proclamando a vitória de Antônio e a relação entre ele e Cleópatra. Ao contrário de César, Antão proclamou publicamente sua relação com a rainha egípcia. Seu retrato aparece de um lado da moeda, Cleópatra do outro. ( RRC 543/1 )

Antônio já havia liberado a cunhagem exibindo a cabeça de um lado e a de Octavia do outro. (RRC 527/1). O casamento entre Antony e Octavia foi celebrado e anunciado como um símbolo da unidade entre os triúnviros . Cistophori atingido na Ásia marcou a união entre o casal (RPC 2201). Ao colocar Cleópatra em suas moedas em vez de Octavia, Antônio visivelmente se distanciou de Octavia e seu irmão Otaviano. Tal como acontece com as moedas anteriores de Antony / Octavia, um retrato duplo é usado. No entanto, ao contrário de Octavia e outras mulheres romanas, Cleópatra é nomeada e seus títulos dados. Isso sugere que ela aparece como uma governante por direito próprio (Buttrey, 1954).

A imagem de Cleópatra também aparece nas moedas de Patras (RPC 1245 ), um porto onde Antônio invernava antes da batalha de Actium (32/1 aC). A moeda exibe o busto de Cleópatra no anverso, com a coroa de Ísis no verso. Sua presença numismática é um testemunho do papel central de Cleópatra nesse período.

Plutarco ( Antônio 36) registra que Antônio banhava Cleópatra com presentes de território, incluindo Pheonicia, Coele, Síria, Chipre, uma grande parte da Cilícia, parte da Judéia e a faixa costeira da Arábia Nabatea. Reconhecendo sua nova rainha, essas cidades atingiram moedas com a imagem de Cleópatra. Exemplos incluem Orthosia (RPC 1 4501-2), Tripolis (RPC 1 4510), Berytus (RPC 1 4529-30) e Chalcis (RPC 1 4771), entre outros. Damasco também atingiu moedas com a imagem de Cleópatra (RPC 1 4781, 4783). Embora nenhuma fonte literária afirme que esta cidade estava sob seu controle, o fato de que moedas foram atingidas com seu retrato sugere que Damasco foi dado a ela por Antônio junto com outros territórios.

Categorias: Prata, Ouro & Outos Metais, Moedas & Medalhas, Histórico, Geografia E Historia, Biografia, Antiguidades E Colecionáveis
Palavras-chave: egito, histÓria, moedas, numismÁtica

Características

Cover_front_perspective
Número de páginas: 33

Edição: 1(2018)

Formato: A4 (210x297)

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Brochura s/ orelha

Tipo de papel: Couche 150g

Reconhecimento

Sobre o autor

Mini
ADEILSON NOGUEIRA

ADEILSON SANTANA NOGUEIRA — Nascido em Estância-SE, em 30/06/1969, filho de Francisco de Carvalho Nogueira (I.M.) e de Maria Aldeiza Santana Nogueira, desde cedo apresentou interesse pela literatura e pela poesia, tanto é assim que, aos 11 já escrevia os primeiros poemas, com premiação em concurso de poesia no Colégio Costa e Silva, em Aracaju, cuja temática era a discriminação racial, também obtendo premiações na cidade de Lagarto, no Colégio Polivalente. Aos 10 anos, recebeu das mãos do Prefeito Heráclito Rollemberg, em Aracaju, o Certificado que lhe concedia o título de secretário mirim da educação. Em 1987 teve poemas publicados em dois livros no Rio de Janeiro: Brasil Literário (Crisalis Editora) e Poesia Brasileira (Shogun Editora e Arte), além de diversos escritos para o Jornal de Campos, Styllo, Primo Notícias, em Tobias Barreto, Folha da Jhô, em Lagarto, e Jornal da Manhã e Jornal da Cidade, em Aracaju. Jornalista e escritor, é autor de diversos livros, a exemplo da “Cartas de Amor”, “Um Poema para Você”, “Versos Dispersos e Prosa Esparsa”, “Exemplos que Edificam”, Rádio Novela “Gavião Rasteira e o Zoológico do Inferno”, “Lições que não Esqueci”, “Anos de Roubalheira”, “O Encontro”, “Épicos”, “Política”, “Mandacaru, A Origem” e “Julio Cesar”, “Pascal”, “Nogueira” “Cartas de Tobias”. Em 1987, a convite, fez um programa direcionado à cultura na Rádio Progresso de Lagarto, fato que o estimulou a fazer o curso de radialista na cidade de Itabuna-BA, tendo passado pela Rádio Progresso, Rádio Clube de Itapicuru, Rádio Luandê FM e Rádio Imperatriz (atual Ilha AM). Em 1999, ocupava o cargo de assessor de Comunicação na Prefeitura de Tobias Barreto, onde coordenou o Jornal Cidadania pra valer, de publicação mensal, na gestão do então prefeito Diógenes Almeida, fazendo parte, também, do colegiado das Políticas Educacionais. Professor desde 1988, prestou serviços à educação nos Colégios Monsenhor Basilíscio Raposo, Colégio Nsª Srª Menina, Ranchinho Feliz, Educandário Nsª Srª do Carmo, Colégio Cenecista Arnaldo Dantas, na Barra dos Coqueiros, além do SENAC e do CENAPE – curso pré-vestibular. Sempre que possível, levou oficiais da polícia militar à sala de aula para darem palestras contra o uso de entorpecentes. Em 1992, viajou para o Japão, onde trabalhou na Mitsubishi Motors Corporation, sediada na cidade de Nagoya, retornando em 1994. Primeiro representante da Anistia internacional em Sergipe, foi graças ao seu esforço decisivo junto ao Ministério da Justiça do Governo Peruano, sob a ditadura Fujimori, que a Anistia conseguiu a liberdade para um outro professor, injustamente encarcerado por comentar questões políticas em sala de aula. No Brasil e no Japão comandou greves, neste último, conheceu de perto a perseguição promovida pelos sindicatos patronais ao proletariado.

De 2005 a 2012, ocupou o cargo de Assessor Jurídico na Prefeitura Municipal de Tobias Barreto, de onde presidiu a comissão responsável pelo 2º Concurso Público na gestão da então prefeita Marly Barreto, além de colaborar na Lei que criou o Plano Diretor, entre tantas outras. Membro da Academia Tobiense de Letras e Artes – ATLAS, da qual é o atual presidente (biênio 2015-2017).

Numismata desde os seis anos de idade, suas 10 palestras sobre coleção de moedas antigas, registradas em DVD’s, viajaram pelos quatro cantos do País, para os Estados Unidos e Europa, tendo seu nome sempre lembrado nos encontros de colecionadores por todo o País.


Mais publicações desse autor

PATRIARCAS

PATRIARCAS

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.76
R$ 36,21 Impresso
R$ 22,60 Ebook
PECADO ANCESTRAL

PECADO ANCESTRAL

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook
MEDITERRÂNEO

MEDITERRÂNEO

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook
ENTREVISTAS AO LOBO

ENTREVISTAS AO LOBO

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook
HISTÓRIA DAS MOEDAS DE OURO

HISTÓRIA DAS MOEDAS DE OURO

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook
HISTÓRIAS MONETÁRIAS

HISTÓRIAS MONETÁRIAS

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.76
R$ 36,21 Impresso
R$ 22,60 Ebook
A DEGRADAÇÃO DA CUNHAGEM MEDIEVAL

A DEGRADAÇÃO DA CUNHAGEM MEDIEVAL

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook
RESISTÊNCIA

RESISTÊNCIA

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 41.08
R$ 36,53 Impresso
R$ 22,60 Ebook
BARRABÁS

BARRABÁS

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook
ÁFRICA ISLÂMICA

ÁFRICA ISLÂMICA

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 41.0
R$ 36,45 Impresso
R$ 22,60 Ebook
MOEDAS DE CERCO

MOEDAS DE CERCO

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook
AS MOEDAS DE PILATOS

AS MOEDAS DE PILATOS

ADEILSON NOGUEIRA
de R$ 40.28
R$ 35,73 Impresso
R$ 22,60 Ebook

Comentários - 0 comentário(s)


Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


Como funciona

Passo 1

Você publica seu livro online, gratuitamente.

Passo 2

Você diz quanto quer receber de direitos autorais.

Passo 3

Nós vendemos e você recebe o dinheiro por depósito direto na sua conta.

Serviços profissionais

Conheça nossos serviços

São vários serviços para auxiliá-lo em sua obra:

Depoimentos

"No mercado atual, o Clube de Autores é o melhor investimento que um autor pode fazer, seja ele desenhista, músico ou livre pensador, basta reunir seus trabalhos, formatá-los em um livro e expô-los ao público. Pessoalmente tem sido um lugar no qual deposito os meus trabalhos e fico tranquilo, co..."

Sidhney Boreas

Formas de Pagamento (até 12x)

Segurança

Print


Clube de Autores Publicações S/A   CNPJ: 16.779.786/0001-27

Rua Otto Boehm, 48 Sala 08, América - Joinville/SC, CEP 89201-700