Go_to_top Bar
Seu carrinho está
vazio
Olá

Clube de Autores é a maior comunidade de autopublicação da América Latina. Inicie agora!

Livro COISAS BREVES

Por: Leon Cardoso da Silva Denunciar

Ajaxloader
por
R$ 37,35
por
R$ 17,22

Sinopse

PEQUENA INICIAÇÃO AO MINICONTO

Por Leon Cardoso da Silva

A ideia de provocar efeitos artísticos de acordo com a utilização de um número limitado de elementos me parece ser sempre um desafio para quem faz literatura. Obviamente, há nessa produção uma dificuldade inerente ao grau de objetividade e precisão que se deseje alcançar. Assim, me parece que quanto maior é a profundidade de um texto, como fruto desta perspectiva, maior deve ser a complexidade desse texto e dificuldade por parte do autor. Para Faccioli (2000) “um conto é uma estrutura armada de “maneira inteligente”, que pede e convoca a participação intelectual de seu leitor, sem que o subestime ou superestime” . Acredito que esta perspectiva se intensifica com o miniconto.

Piglia começa seu célebre artigo “Teses sobre o conto” afirmando que “num de seus cadernos de notas, Tchekhov registra esta anedota: ‘Um homem em Montecarlo vai ao cassino, ganha um milhão, volta para casa, suicida-se’. A forma clássica do conto está condensada no núcleo desse relato futuro e não escrito ” (2004, p. 89).

Até podemos dizer que essa produção artística surge como uma reação contra a prolixidade e a redundância ocorridas em certos períodos literários. É uma forma literária que, por sua vez, faz com que o leitor interfira no enredo e participe quase como um personagem da narrativa. São porventura textos que se limitam a uma extensão consciente do ponto de vista da criação literária e isso acaba sempre colocando o leitor sob tensão, uma vez que o miniconto, para ter sua significação plena exige a interpretação do leitor. E acrescento que não é só interpretação, mas, em certa dose, desconstrução e recriação.

Por isso tenho o prazer de apresentar aqui uma série de minicontos que acredito estarem de acordo com a perspectiva que acabo de mencionar. Confesso que nem sempre é fácil enxugar um texto, independente de sua extensão. O autor sempre corta partes que acaba tendo significado para ele próprio, em sua subjetividade, mas vista em conjunto pode não ter uma significação intensa para quem lê. Por isso, o miniconto pode ser confundido com uma facilidade por conta de sua extensão intencionalmente curta. Há contos, por exemplo, escritos com cinco palavras e pouco mais de vinte letras como é o caso do conto “No embalo da rede” escrito por Carlos Herculano Lopes e incluído em uma coletânea intitulada como “Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século” (2004), organizada por Marcelino Freire.

NO EMBALO DA REDE

Vou,

mas levo as crianças.

É por essas e outras que Drummond dizia “escrever é cortar palavras”, João Cabral acrescentava “enxugar até a morte” e Hemingway concluía “corte todo o resto e fique no essencial”. Acho que esta é a objetividade que rodeia a produção de minicontos ou microcontos, como se queira expressar. Cortar partes e ficar no essencial, sem perder características definidoras e necessárias para esse gênero literário.

Categorias: Ficção, Literatura Nacional, Psicológico
Palavras-chave: literatura, minicontos

Características

Cover_front_perspective
Número de páginas: 104

Edição: 1(2016)

Formato: A5 (148x210)

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Brochura c/ orelha

Tipo de papel: Couche 150g

Sobre o autor

Mini
Leon Cardoso da Silva

BIOGRAFIA

Leon Cardoso da Silva é escritor, professor, poeta, pesquisador e crítico literário. Nasceu em Jacobina, Bahia, em 1983. Concluiu, em 2002, os estudos regulares na Escola Estadual de Junco. Em 2012 graduou-se em Licenciatura Plena em Letras Vernáculas pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Junto a esta universidade, desenvolveu o trabalho de pesquisa “Literatura Popular: da historiografia literária ao ensino em escolas da roça” vinculado à FAPESB e ao programa de pós-graduação desta mesma universidade.

Em 2016, concluiu o curso de pós-graduação em Estudos Linguísticos e Literários. Ao longo da vida dedicou-se e dedica-se a literatura, educação e produção escrita. Tem vínculo de livre docência no Instituto Educacional São Francisco de Assis (IESFA), sistema municipal de ensino da cidade de Várzea do Poço, Bahia. Fez sua estréia literária em 2012, quando publicou o livro de poemas “À margem do impossível” (Virtualbooks, 2012), “O solitário Mário” (romance) e o livro de crítica literária “Literatura de Cordel: uma questão da historiografia literária brasileira”. Em 2013, publicou os livros de poemas “Etnografia do Instante” e “Monólogos” (Clube de Autores). Em 2014, publicou o livro de contos “A máquina do mundo”, reeditado pela Editora do Carmo (2016). Em 2016, publicou os livros “Coisas breves” (minicontos), “Gramática prática do português brasileiro” (gramática), “O que dizem os não religiosos?” (ensaios), “Entre dois mundos: a saga de João para compreender a possibilidade de um não deus” (romance) e a coletânea de poemas “Trinta e um anos de poesia” (todos pelo Clube de Autores).

Contato com o autor:

[email protected]

[email protected]


Mais publicações desse autor

TRINTA E UM ANOS DE POESIA

TRINTA E UM ANOS DE POESIA

LEON CARDOSO DA SILVA
R$ 42,86 Impresso
R$ 17,22 Ebook
A MÁQUINA DO MUNDO

A MÁQUINA DO MUNDO

LEON CARDOSO DA SILVA
R$ 39,69 Impresso
R$ 11,84 Ebook
Literatura popular:

Literatura popular:

Leon Cardoso
R$ 41,92 Impresso
R$ 19,37 Ebook
Entre dois mundos:

Entre dois mundos:

Leon Cardoso
R$ 38,17 Impresso
R$ 17,22 Ebook
Etnografia do instante

Etnografia do instante

Leon Cardoso da Silva
R$ 39,57 Impresso
R$ 17,22 Ebook

Comentários - 0 comentário(s)


Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


Como funciona

Passo 1

Você publica seu livro online, gratuitamente.

Passo 2

Você diz quanto quer receber de direitos autorais.

Passo 3

Nós vendemos e você recebe o dinheiro por depósito direto na sua conta.

Serviços profissionais

Conheça nossos serviços

São vários serviços para auxiliá-lo em sua obra:

Depoimentos

"O Clube de Autores é, indubitavelmente, a melhor plataforma de autopublicação de livros. Além de realizar o sonho de muitos autores independentes, tornando real e pública sua obra, possibilita isso de forma prática e eficiente. Agradeço muito pela possibilidade de ter minhas obras editadas em u..."

Adriano Vox

Formas de Pagamento (até 12x)

Segurança

Print


Clube de Autores Publicações S/A   CNPJ: 16.779.786/0001-27

Rua Otto Boehm, 48 Sala 08, América - Joinville/SC, CEP 89201-700