Crônicas de um cotidiano
Categorias
Não Ficção, Literatura Nacional, Humor
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 421 vezes desde 19/05/2018
Versão
impressa
R$ 41,61
Valor total:
R$ 41,61
Valor total:
R$ 41,61
Sinopse

“Todo dia ela faz tudo sempre igual

Me sacode às seis horas da manhã

Me sorri um sorriso pontual

E me beija com a boca de hortelã”

Cotidiano – Chico Buarque

De acordo com a maior enciclopédia do mundo... pelo menos a mais popular da internet, o Wikipédia, cotidiano “significa aquilo que é habitual ao ser humano, ou seja, está presente na vivência do dia a dia. Cotidiano também pode indicar o tempo no qual se dá a vivência de um ser humano; também pode indicar a relação espaço-temporal na qual se dá essa vivência”.

O cotidiano é o nosso dia-a-dia. Acordar, fazer cocô, tomar banho, trabalhar, estudar, comer, namorar etc. são coisas que estão nos nossos planos, no nosso roteiro.

Mas a vida é imprevisível! Por mais que nós tenhamos o nosso roteiro, sempre haverá situações que vão abalar com a nossa rotina, de forma positivo ou negativa.

Este livro nada mais é do que situações que abalaram o cotidiano, com uma pitada de bom humor, pois rir é que dá graça a vida.

WELLINGTON DA SILVA DE PAULA nasceu na baixada do Estado do Rio de Janeiro, mas foi criado em Campo Grande, Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro. Formou-se em Direito no ano de 2009, vindo a trabalhar como advogado desde o ano de 2010. Seu primeiro contato como escritor foi com artigos jurídicos. Seu primeiro livro foi "A banalização do Dano Moral' no ano de 2017. Desde então, não parou mais de escrever. Suas outras obras são: "Manual de Sobrevivência do Advogado" e "O Barbeiro de Sevilha". Também publica textos em seu blog "Juju Silva Dog".

Características
Número de páginas 106
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Wellington da Silva de Paula

WELLINGTON DA SILVA DE PAULA nasceu na baixada do Estado do Rio de Janeiro, mas foi criado em Campo Grande, Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro. Formou-se em Direito no ano de 2009, vindo a trabalhar como advogado desde o ano de 2010. Seu primeiro contato como escritor foi com artigos jurídicos. Seu primeiro livro foi "A banalização do Dano Moral' no ano de 2017. Desde então, não parou mais de escrever. Lançou dois e-books, "Manual de Sobrevivência do Advogado" e "Crônicas de Um Cotidiano", ambos pela Amazon. Também publica textos em seu blog "Juju Silva Dog".

Administrador do blog Juju Silva Dog.

Comentários
0 comentários