Curupira
Categorias
Ficção, Natureza, Realismo Fantástico, Aventura, Conservação Ambiental e Proteção, Contos De Fadas, Folclore E Mitologia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1019 vezes desde 16/01/2019
Versão
ebook
R$ 19,90
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 19,90
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Uma aventura onde a força da natureza se impõe à ganância humana e somente os bons de coração terão sua salvação.

Este é o primeiro de uma série de contos inspirados na mitologia brasileira. Anita Cimirro (pseudônimo de Nicete Campos) resgata a imagem do Curupira conforme era mencionado pelos indígenas nos tempos de José de Anchieta: um protetor das matas que era temido por todos que o vislumbravam.

Este conto descreve muito bem o ritmo das pacatas cidades de interior onde pouca ou nenhuma tecnologia adentrou – uma situação cada vez mais rara na atualidade.

A ambição de um grupo de forasteiros os leva à mata virgem local com o intuito de transformarem tudo que encontrarem em mercadorias. Uma menina que ama a natureza acaba por alinhavar toda a estória ao cruzar o caminho deste que é um personagem de caráter místico que tem nos seus atos a sua única forma de comuniação: - O Curupira.

A cidade nunca mais será a mesma...

Características
Número de páginas 117
Edição 2 (2019)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Anita Cimirro

Nicete Campos é socióloga, jornalista, escritora e ambientalista. Sob o pseudônimo de Anita Cimirro, publica uma série de contos sobre folclore brasileiro, iniciada com o Curupira e o Saci-Pererê, já disponíveis no Clube de Autores.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 54,59
Ebook
R$ 19,90
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 37,65
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 44,53
Impresso
R$ 48,41
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 43,81
Impresso
R$ 38,90
Impresso
R$ 40,04
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 41,11
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 51,33
Ebook
R$ 21,53
Impresso
R$ 38,93
Comentários
0 comentários