Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Das Declarações de Amor
que eu não fiz
Categorias
Artes, Literatura Nacional, Poesia, Artista Individual, Belas Artes
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1155 vezes desde 26/08/2017
Versão
impressa
R$ 31,55
Valor total:
R$ 31,55
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 31,55
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

“Das declarações de amor” tem um tom epistolar, de carta, mensagem ou bilhete; “que eu não fiz”, por um outro lado, se impõe com sentido diferente, pois com o livro aqui posto, provas que se fez, então este não fazer, inscreve os poemas no horizonte da espera e idealização do amado: a epopéia desta Penélope moderna à espera do Odisseu que seus versos cantam e preparam. E assim como o título, é só aparentemente simples; assim é toda a poética de Mary Paes:

versos, à primeira vista, simples, e que de repente explodem espalhando uma ampla marca de significações, nos arrancando os olhos do senso comum.

Características
ISBN 9788592302627
Número de páginas 60
Edição 1 (2017)
Formato Pocket (105x148)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Polen
Fale com o autor
Mary Paes

Residente hoje em Macapá, Amapá, nasceu na pequena cidade de Tacuru, Mato Grosso do Sul, registrada sob o nome de Marinalva Paes Santana, é poeta e jornalista. Desenvolve trabalhos voluntários ligados à comunicação de imprensa cultural.

A fotografia é uma paixão em sua vida, embora não se autodefina, fotógrafa.

Como poeta, escreve desde a idade de seis anos.

Mary Paes compõe diariamente, e às vezes, madrugada adentro, poemas, micropoemas e frases com um forte tom intimista e frequentemente erótico. A escrita é livre e a entrega da poeta a seu público é franca e sem reservas. Não bastando o verso exposto, em seu blog pessoal ilustra seus poemas com fotografias de si mesma, formando um trabalho visual muito bonito e consistente.

O Blog da Mary: marypaes.blogspot.com

Blog de Poemas Mary Paes: mary-paes.blogspot.com

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários