De Gameleira à Colônia
Uma saga nordestina
Categorias
Realismo Fantástico, Não Ficção, Literatura Nacional
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1647 vezes desde 31/01/2019
Versão
impressa
R$ 38,06
Valor total:
R$ 38,06
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 38,06
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Foi no árido cenário do Distrito de Mariana, “um grão de areia” na vastidão do sertão pernambucano onde foi acesa a centelha dessa história...

– Corre que o menino tá nascendo – Gritou dona Estelita em meio à balbúrdia que antecede ao parto. As “lamparinas do sertão”, como eram conhecidas as parteiras da época. Ali, naquele dia 16 de julho de 1922 nascia Apolinário Domingos Neto, um “cafuzo”, descendente de índio com negro, Filho de Manoel Domingos da Silva, e de Dona Maria Paulina de Jesus, Apolinário significa “consagrado a Apolo” e Domingos “o que pertence ao senhor”, o Neto herdou da descendência do avô.

Ainda muito pequenino Apolinário fora abandonado pela mãe, e passou a ser criado à base de leite de cabra, pela avó materna. Mal sabia Dona Maria Paulina que aquele garoto estava predestinado pelo condão, a ser o grande e carismático líder dos gameleiros, e braço direito do “misterioso” Curador Pedro Batista. Um Conselheiro andarilho que pregava o bem e expulsava o mal, chegando a ser comparado com a própria encarnação do Padre Cícero. O encontro de Apolinário com o beato mudou completamente o rumo de seu destino.

Aquele Curador demonstrava ser um homem santo, que conseguia colocar a chama da fé, incrustada em todos aqueles que o cercava, provando para os romeiros, através dos milagres que realizava ser ele uma pessoa de Deus. A religiosidade romeira sempre fora muito explicita nos sertões, e Apolinário Domingos Neto, um cafuzo pernambucano numa terra inexplorada e completamente bravia, onde o perigo parecia estar de tocaia detrás de uma árvore.

Características
Número de páginas 277
Edição 1 (2019)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 90g
Fale com o autor
Marcos Antônio Lima

Marcos Antônio Lima é um versátil poeta Pauloafonsino, cujo simbolismo e romantismo cantam sobre as belezas da vida e da natureza. Um sonhador incondicional e apreciador de vivências profundas, que conduzem o escritor a própria virtude. Nascido aos 16/08/1969, em Paulo Afonso – BA. Ex-radialista das Emissoras; Rádio Cultura, e Radio Bahia Nordeste, ambas de Paulo Afonso-BA. É Escritor, Cronista, Poeta e Acadêmico Fundador da ALAS, e Membro da Comissão de Admissão – Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano – Ocupante da Cadeira de Número 22. É Membro Correspondente da ALPA (Academia de Letras de Paulo Afonso) Ocupante da cadeira de Nº 28. Autor das obras poéticas; Amor em Versos & Reversos (Scortecci Editora - 2001); Jardim de Árida Poesia (Editora Kazuá – SP/2016) & Aquarela Poética (Coletânea Abrindo Alas - 2017), e dos Romances Regionais: Um homem à sombra de seu destino, e De Gameleira à Colônia, Uma saga nordestina.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 36,26
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 40,63
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 30,22
Ebook
R$ 11,84
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 45,00
Ebook
R$ 27,03
Impresso
R$ 48,82
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 39,99
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 39,16
Impresso
R$ 37,30
Ebook
R$ 16,14
Impresso
R$ 28,25
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 40,93
Impresso
R$ 35,42
Ebook
R$ 17,22
Comentários
0 comentários