Delírio Absoluto da Multidão Atônita
Categorias
Artes, Filosofia, Poesia, Bem & Mal, Ética E Filosofia Moral, Metafísica
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1254 vezes desde 24/08/2016
Versão
impressa
de R$ 38,58 por
R$ 33,44
Valor total:
R$ 33,44
Versão
ebook
R$ 22,60
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 33,44
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Somos o delírio absoluto da multidão.

Características
Número de páginas 124
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 150g
Fale com o autor
Michel F.M.

Bruno Michel Ferraz Margoni, Compositor, Escritor, Poeta e Sonhador. Publicitário por formação, Comunicador por opção e Rimante por acidente. Utiliza o pseudônimo Michel F.M. para assinar suas composições.

Nascido em 13 de fevereiro de 1988, na cidade de Salto interior de São Paulo. Começa a compor aos quinze anos, integra diversas bandas de rock alternativo. Idealizador dos Projetos de música autoral "Samaritano" e "Elo Solene".

Em 2008 recebe uma Menção Honrosa no XVIII Prêmio Moutonnée de Poesia, sendo aclamado pelo público por sua canção "A Fábula do Lobo que amou a Lua".

No ano de 2009 conclui o Bacharelado em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda.

Em 2010 publica “Mais um Amanhecer” e “Elo Solene”. Ainda neste ano é convidado a participar do Prêmio Internacional de Poesia “Du Bocage” de Portugal.

Inicia 2011 publicando “(Des) rimando” e “O Último Registro da Raça Humana”, explorando o universo da prosa poética. E finalmente lança sua obra-prima "Áspera Seda", considerado pela crítica literária como sendo um dos melhores livros da Poesia Contemporânea.

No inverno de 2012, finaliza as obras "Impressão Intensa" e "Conectatum", emergindo numa discussão poético-filosófica acerca da condição humana, suas misérias e magnitudes, discorrendo sobre os fatos que nos sentenciaram à existência. Seguem-se a estas publicações duas antologias, "Áspera Seda: Volume Único" (1ª e 2ª Edição). Neste mesmo ano conclui sua Especialização em Metodologia do Ensino de Artes com o artigo "A Arte Cênica como Instrumento para o Desenvolvimento Cognitivo da Criança.

No ano de 2013 traz à tona sua oitava obra lírica, após exatos dez anos de composições, intitulada "Linha (Tênue) Rompida", recheada com estrofes viscerais de um profundo teor autobiográfico; sucedida por “Piekarzewicz” uma epopeia em versos livres, intrincada pela trama político-ideológica, que culmina no romance transcendental da personagem homônima ao título.

Em 2014 publica "Crônicas de um Espelho Meu e os Fabulosos Contos Perdidos do Vale Encontrado" obra poética esculpida a partir de reflexões filosóficas que enfatizam a desconstrução das falsas convicções, a fim de encontrarmos, valores sinceros em nossas vidas. Seguida pelo florilégio "Esplêndida Face Magnífica", que reúne em suas 700 páginas, poemas selecionados de nove de seus livros. Neste ano conclui a Licenciatura em Educação Física.

Em 2015, ano dedicado a experimentalismos literários, rascunha poemas aleatórios, reencontrando-se com seus primeiros anos de escrita. Conclui o Bacharelado em Educação Física.

2016 ingressa no Curso de Filosofia da Faculdade Internacional de Curitiba. Em fevereiro desse ano, embarca para um breve intercâmbio literário na cidade de Paris, após receber um convite da Curadoria da Biblioteca Nacional da França, para expor suas obras no prédio principal, destinado à Literatura e as Artes, do complexo de quatro edifícios que compõem o acervo de mais 14 milhões de documentos, 32 salas de leitura, salas de exposição e ateliês da Biblioteca François Mitterrand.

Famosa por seu acervo de valor imensurável, que conta com obras originais e manuscritos de escritores imortais, como os filósofos René Descartes, Jean-Jacques Rousseau, Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir, os romancistas Gustave Flaubert, Alexandre Dumas, Charles Baudelaire e Victor Hugo, dentre inúmeros outros nomes consagrados.

Os meses de fevereiro e março, apresentam uma dinâmica especial, por receberem a “Paris Fashion Week”, aumentando consideravelmente o fluxo de apreciadores das diferentes modalidades de Arte. Sendo que a Biblioteca fez parte deste circuito, da Semana de Moda em Paris, com eventos internos e adjacentes.

Michel F.M. teve uma coleção poética com dez de seus livros exposta ao público, sendo que ao final de março, suas obras foram incorporadas ao acervo permanente de Poesia em Língua Estrangeira, da Biblioteca Nacional da França "François Mitterrand".

O autor também estabeleceu uma parceria com sebos e espaços alternativos, localizados na Avenue Sant Michel, um reduto de literatura e arte parisiense e no Centro Cultural Georges Pompidou (que abarca museus, bibliotecas e instalações artísticas), onde suas obras estão disponíveis.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 52,93
R$ 47,78
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 52,93
R$ 47,78
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 52,93
R$ 47,78
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 37,91
R$ 32,76
Ebook
R$ 17,22
Impresso
de R$ 35,44
R$ 30,30
Ebook
R$ 17,22
Impresso
de R$ 48,27
R$ 43,12
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 34,20
R$ 29,05
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 33,79
R$ 28,64
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 35,03
R$ 29,88
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 34,37
R$ 29,22
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 34,20
R$ 29,05
Ebook
R$ 22,60
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 29,53
R$ 24,38
Impresso
de R$ 33,09
R$ 27,94
Impresso
de R$ 39,25
R$ 34,10
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 33,90
R$ 28,75
Ebook
R$ 19,37
Impresso
de R$ 34,11
R$ 28,97
Impresso
de R$ 29,64
R$ 24,50
Comentários
0 comentários