FALANDO SÉRIO
MENSAGENS BIBLICAS
Categorias
Estudo Bíblico, Teologia, Amizade
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 2323 vezes desde 04/12/2016
Versão
impressa
R$ 37,88
Coloração
Acabamento
Valor total:
R$ 37,88
Versão
ebook
R$ 20,45
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 37,88
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A DIFERENÇA DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO, E O ACONSELHAMENTO

PSICOLÓGICO:

O aconselhamento cristão, tem por base a fé, na palavra de Deus , trabalhando junto ao indivíduo princípios morais e espirituais.

Dependendo da capacidade e conhecimento do conselheiro, um toque de psicologia serão de grande auxilio, pois muitos dos aconselhados por serem cristão , pensam que cometeriam pecado em procurar ajuda profissional na área da saúde.

Por isso todo o conselheiro deve conhecer o básico da psicologia.

sendo também espiritual, levando o aconselhado a entender que seu caso em questão precisará da ajuda clínica, por ser também um problema acompanhado de uma possível patologia , e que Deus deixou os médicos para tratar do fisíco.

O aconselhamento psicológico trata a questão clínica , utilizando todos os recursos próprios do meio, como medicamentos , terapia em grupo e outros.

Para obter pelo menos o equilíbrio, senão o controle dentro da patologia tratada , que as vezes não tem cura, por ser um distúrbio mental congênito.

Então ai se utilizará medicamentos de uso contínuo, para que o paciente tenha uma melhor qualidade de vida e não represente risco, nem para ele, família ou sociedade.

Eu diria que a diferença entre aconselhamento cristão e o psicológico, é que o primeiro é espiritual, busca em Deus e na sua palavra as soluções de conflito enfrentada pelo aconselhado, mediante a fé.

Enquanto que o segundo, trata a questão clínica , dentro da técnica e especialidade médica,

que se fizer necessária, inclusive com utilização de medicamentos específicos.

LOUVA MINHA AO SENHOR ,E NÃO SE ESQUEÇA DE NENHUM DOS SEUS BENEFICIOS,PORQUE É ELE QUE CURA TODAS AS TUAS ENFERMIDADES. SL.103;2.3

capitulo 14

A PALAVRA DE CRISTO HABITE EM VÓS ABUNDANTEMENTE,ENSINANDO VOS E ACONSELHANDO VOS UNS AOS OUTROS COM TODA A SABEDORIA...CL 3.

O relacionamento entre irmãos deve ser cultivado numa convivência harmoniosa

priorizando a palavra de Deus, que haja em cada um conhecimento abundantemente

e sólido.

Para que cada um seja aconselhado e também conselheiro , dentro das necessidades que surgem no dia a dia no corpo de cristo.

Ninguém deve se considerar ,maior ou melhor ,mas busca -se a igualdade, pois todos somos servos do mesmo Senhor.

Nosso maior compromisso como cristão é servir com humildade e sabedoria, buscando sempre que a glória de Deus apareça na vida congregacional.

Surgem problemas dos mais variados e difícil ,mas onde a abundância da palavra há ação poderosa do Espírito, o que garante, benção, tais como unidade, confissões e pedidos de perdão.

Assim sendo concluo que haja ,exortação, consolação e edificação do corpo de cristo que é a igreja.

com ordem e decência, para honra e glória do nome do Senhor.

Trabalhemos então com fé e humildade, para que todos sejam abençoados e abençoadores , ensinando e sendo ensinado , aconselhando e sendo aconselhado.

Para glória de Deus.

"TENDE O MESMO SENTIMENTO DE UNS PARA COM OS OUTROS, EM LUGAR DE SERDES ORGULHOSOS, ACOMODAI-VOS COM O QUE É HUMILDE,NÃO SEJAIS SÁBIOS AOS VOSSOS PRÓPRIOS OLHOS. RM 12.16''

CAPITULO 15

REFLEXÃO: Ministério Sem Compromisso.

Infelizmente em nossos dias, nem todos tem preocupação real com as necessidades do rebanho.

Ainda encontramos dois pesos e duas medidas no meio eclesiástico, se o membro for importante será tratado com importância , se não é importante e não tem grandes posses será tratado como mais um no meio da multidão.

E Deus tenha misericórdia de seu povo....

Mas em contra partida creio que há homens de Deus , dispostos a pagar o preço pela redenção de seu rebanho.

são conscientes que Deus os cobrará um dia ,e trabalham para serem achados dignos de sua vocação e ministério.

Penso que chegou o tempo profético chorem os sacerdotes no altar.

(Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele. Por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?

Joel 2.17)

Tempo difícil em que os pastores pensam mais em

Características
Número de páginas 91
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Carlos Augusto Prates de Menezes

BACHAREL EM TEOLOGIA

PASTOR E ESCRITOR

Biography

Nascido na cidade de Rosário do Sul,no Estado do Rio grande Do Sul na fronteira oeste em1966, ficou orfão de pai e mãe quando tinha 16 anos (1982).

casou -se com Andrea Dias, quando tinha 21 anos (1987) em Bagé,Rs.

Morou em Rosário, Alegrete ,Santa Maria,Bagé,livramento,são Leopoldo,Portão do sul,

Praia Grande, Sc ,toledo,PR, Primeiro de Maio.PR, e atualmente em União da Vitória ,PR.

completou 28 anos de feliz matrimônio e tem dois filhos ,Hebenéser (21 anos )e Gileade ( 15 anos)

Pastor evangélico a 26 anos e formado, Bacheral em teologia pela Universidade Da Bíblia (curso livre)

sempre sonhador gosta de escrever e ler ,sobre tudo ,mas especialmente ficção e romance

http://carlosaugustoprates.blogspot.com.br/: http://carlosaugustoprates.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/: https://www.facebook.com/

Comentários
0 comentários