O vale do plantador de árvores
Categorias
Literatura Infanto Juvenil, Literatura Nacional, Natureza, Conservação Ambiental e Proteção, Ecologia, Árvores & Florestas
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 6882 vezes desde 03/11/2013
Versão
impressa
R$ 34,06
Valor total:
R$ 34,06
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 34,06
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Após um longo período em busca da felicidade, um homem encontra o que acredita ser, o lugar perfeito para criar a pequena filha e ser feliz. Para ganhar o sustento, este inicia o trabalho de lenhador em uma madeireira no Amazonas que explora indiscriminadamente, a abundante riqueza vegetal do lugar.

Tudo vai bem até que em um dado momento, o lenhador começa a inquietar-se com perguntas para as quais não consegue encontrar respostas, da filha, que tenta compreender o porquê das mudanças que observa à sua volta, a cada dia, onde o que era verde e habitado por animais silvestres passa, aos poucos, a tornar-se um lugar árido e sem vida.

Ao perder-se acidentalmente quando seguia um serelepe faminto, enquanto tentava alimentá-lo, a garotinha encontra um arbusto solitário, um jovem pinheirinho poupado para o natal e único sobrevivente de um massacre ecológico comandado pelo pai da menina, ao fazer com que seus impiedosos machados e motosserras levassem ao chão toda a família do pequeno membro das coníferas.

A pureza de espírito infantil permite à garotinha, comunicar-se com o arbusto e a compreender um pouco de seu mundo e através dessa amizade, a menina descobre que apesar de serem de gêneros diferentes, são ambos seres vivos, com similaridades e anseios comuns entre os dois.

O encontro inesperado com o cativante personagem, promove uma sensível alteração no comportamento da menina, despertando ainda mais, seu interesse por aspectos ecológicos, e a partir deste encontro, outros se seguem, fazendo com que cresça uma grande amizade entre os dois, capaz de mudar o destino da pequena família.

Embora a menina mantenha segredo sobre a sua nova amizade, seu comportamento é percebido pelo pai e o amor pela filha faz com que o lenhador passe a rever seus conceitos. Este passa, aos poucos, a perceber que suas pequenas ações de respeito à natureza tornam a filha mais feliz e isso o induz a empenhar-se na sua preservação.

Mas este tem pela frente um grande desafio, o de convencer o patrão, um homem bom, mas de caráter irredutível, a aceitar suas ideias preservacionistas. O patrão, habituado ao convívio com grileiros, fazendeiros, atravessadores e todo o tipo de pessoas com interesses opostos ao ecológico, mostra-se cético e relutante a seguir outro caminho, diferente do habitual.

O conflito gerado entre a sobrevivência e seus novos ideais faz com que o lenhador busque um ponto de equilíbrio, que leve a felicidade com a filha e a uma paz de espírito, culminando em episódios emocionantes e desfechos surpreendentes contados nesta história.

Características
Número de páginas 135
Edição 1 (2013)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
José Geraldo Ribeiro

José Geraldo Ribeiro, que é professor, nasceu em Ipatinga-Minas Gerais e começou a escrever seus primeiros contos aos 20 anos de idade. Até então, este mineiro de muitas ideias e de espírito extrovertido, dedicava-se a compor poemas, músicas e paródias, em sua maioria, retratando o lado cômico da vida, colocando assim em prática, sua profunda crença de que é preciso sorrir para se viver melhor.

De origem humilde, José Geraldo, então com 16 anos de idade, deixou a cidade onde vivia com os pais e mais três irmãos, em busca do próprio sustento e foi a partir daí, através do esporte, sua primeira forma de ganhar a vida, que José Geraldo ganhou o mundo e passou a conhecer vários lugares e a desenvolver sua capacidade de observar e retirar inspiração do que via à sua volta.

O fascínio pelos livros, vindo desde a adolescência, fez com que o autor começasse a “devorar” os livros de alguns de seus autores favoritos, tais como, Agatha Christie e Conan Doyle e a aspirar ao sonho de, um dia, escrever suas próprias histórias. Enquanto este momento não chegava, o autor seguia lendo e colecionando livros que formariam o seu, atual, pequeno tesouro, a sua modesta biblioteca pessoal.

O tempo foi passando e a necessidade latente de comunicar-se, fez com que o autor seguisse cultivando o hábito de escrever e solidificasse cada vez mais seu projeto de vir a transformar seus manuscritos, guardados nas gavetas, em um livro. Finalmente o momento tão almejado chegou e é com grande prazer que José Geraldo Ribeiro apresenta seu trabalho ao público.

Obrigado e boa leitura.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,97
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 33,60
Ebook
R$ 11,84
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
1 comentários
Talitha
Segunda | 04.11.2013 às 13h11
Olá, tudo bem? Parabens pela conquista! Tem interesse em serviços de diagramação? Posso lhe ajudar a tornar seu livro mais profissional do que ja é. Entre em contato comigo por e-mail e faça o orçamento. [email protected] Sucesso.