Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
PARA MATAR UM ROUXINOL
Categorias
Artes Cênicas, Teatro
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 10192 vezes desde 03/12/2013
Versão
impressa
R$ 29,93
Valor total:
R$ 29,93
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 29,93
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

No festival da canção, durante o regime militar, André, um cantor e compositor é preso por policiais, acusado de incentivar o povo a reagir contra a ditadura militar, através de suas canções. André é levado para um dos quartéis onde é torturado e subjugado a humilhações. Enquanto isso, Nancy e Benjamim, sua companheira e amigo, tentam de todas as formas conseguir provas que o inocentem e o livrem do cativeiro. Com o decorrer dos anos e com a posse do Presidente Figueiredo, veio a anistia e André foi libertado. Mas, muita coisa mudou na personalidade de André; para desespero de Nancy e Benjamim.

Características
Número de páginas 107
Edição 1 (2013)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Elder Walburges Cosendey

Elder Walburges Cosendey, foi professor na rede Municipal de Educação no município do Rio de Janeiro. Cursou até o sétimo período o curso de letras na faculdade Simonsen. Fez curso de turismo e de matemática moderna, pela Secretária de Educação Municipal do Rio de Janeiro. Participou de várias antologias poéticas, pelas editoras Crisalys e Shogum, quando recebeu menções honrosas. Participou também de outras antologias organizadas pelos poetas, Fred Gewer, Aloíso Gonzaga Pinheiro e Francisco Igrejas. Seus textos para teatro, "Esta Noite Ninguém Ri", e "Mamma Mia", foram encenadas na capital do Rio de Janeiro e no interior do estado, no município de Santo Antonio de Pádua, onde nasceu. Publicou sua primeira aventura para a revista em quadrinhos "Flecha Ligeira", da Rio Gráfica Editora, nos anos 60. A aventura chamava-se "Flecha Ligeira Contra Deusa de Ouro". Sua peça "Uma Família de Arrepiar" foi encenada no Teatro Municipal de Nilópolis pelos alunos da própria escola e produzido e dirigido pelo professor e diretor Luiz Valentim.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,41
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 36,35
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 38,38
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 41,96
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 34,41
Ebook
R$ 14,53
Impresso
R$ 29,56
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 35,03
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 41,67
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 30,39
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 34,57
Ebook
R$ 11,84
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 36,80
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 59,73
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 37,34
Ebook
R$ 14,53
Impresso
R$ 36,97
Ebook
R$ 16,68
Impresso
R$ 52,56
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 35,07
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 39,33
Ebook
R$ 19,37
Impresso
R$ 33,78
Ebook
R$ 13,45
Impresso
R$ 33,57
Ebook
R$ 13,45
Impresso
R$ 49,75
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 38,47
Ebook
R$ 22,60
Comentários
0 comentários