Poesias Que o Amor Escreveu

Por Angela Maria Cordeiro

Código do livro: 595961

Categorias

Inspiracional & Religioso, Realismo Fantástico, Poesia, Literatura Nacional

Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1141 vezes desde 22/09/2023
Versão
impressa
R$ 45,10
Valor total:
R$ 45,10
Versão
ebook
R$ 23,62
Leia em Pensática
Valor total:
R$ 45,10

Este livro pode estar à venda na:

Este ebook também pode estar à venda na:

Sinopse

As poesias que o amor escreveu são versos que expressam os mais diversos sentimentos e situações relacionados ao tema do amor. Elas podem ser românticas, eróticas, saudosas, tristes, alegres, platônicas ou carnais. Alguns dos poetas mais conhecidos que escreveram sobre o amor são Vinicius de Moraes, Hilda Hilst, Cecília Meireles, Florbela Espanca, entre outros. Esses autores souberam captar a essência e a complexidade do amor em suas obras, que encantam e emocionam os leitores até hoje. As poesias que o amor escreveu são uma forma de celebrar e eternizar esse sentimento universal que move a humanidade.

Características

ISBN 9786500810844
Número de páginas 106
Edição 1 (2023)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Polen
Idioma Português

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Angela Maria Cordeiro

Ângela Maria Cordeiro de Melo, uma professora apaixonada, Nas terras de Sanharó, há mais de três décadas tem ensinado. Mas sua alma voa além das salas de aula, Nas asas da poesia, ela se perpetua. Poetisa, cordelista e escritora destemida, Com seis textos publicados, sua voz é ouvida, Nas antologias da APPAPARE, Sociedade de Poetas e Escritores de Pesqueira (SOPOESPE) e Associação Pesqueirense de Literatura (ASPEL), Ângela Maria mostra seu talento, sem réplica ou réu. Seus versos são como jardins em flor, Um caleidoscópio de sentimentos, com fervor. Com autenticidade, ela expressa o sentimentalismo, E na sala de aula, descobre talentos, sem egoísmo. Pelos caminhos culturais, ela tem trilhado, Em Arcoverde, Sertânia, Belo Jardim e Pesqueira, tem brilhado. Eventos culturais são seu palco, seu abrigo, Onde sua poesia se expande, como um suspiro. Hoje, na Escola Municipal Professora Madelom Fernandes, Ângela Maria inspira crianças, dando asas a suas mentes. Mãe de três filhos, avó de cinco netos queridos, Eles são a razão do seu viver, seus tesouros mais queridos. Graduada e Pós-Graduada em Letras, Pela Autarquia Educacional de Belo Jardim (FABEJA), sua paixão por letras se completa. E agora, lisonjeada e encantada, Receberá de Josenilson de Garanhuns, o presente sonhado. Seu primeiro livro, Solo, é um tesouro a se desvendar, Um presente do poeta e escritor, para eternizar. Ângela Maria Cordeiro de Melo, mulher de força e luz, Sua poesia ecoará, eterna como a própria cruz.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários