A DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA DA EMPRESA E A EFETIVA EXECUÇÃO DOS SÓCIOS GERENTES, COMO PRESSUPOSTOS PARA A APLICAÇÃO DA RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA DO ESTADO NAS DEMANDAS TRABALHISTAS
Categorias
Direito
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1678 vezes desde 18/02/2014
Versão
impressa
R$ 35,95
Valor total:
R$ 35,95
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 35,95
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A terceirização do trabalho e da prestação de serviços no Brasil é uma realidade indiscutível.

Trata-se de um fenômeno cuja finalidade não se resume apenas à busca de uma mão-de-obra mais qualificada e profissionalizada, mas de redução de custos.

Este livro se propõe a demonstrar que a responsabilização dos Entes Públicos Estatais nas demandas trabalhistas que envolvem terceirização de trabalho e de prestação de serviços só pode ocorrer subsidiariamente, depois de esgotados TODOS OS MEIOS DE EXECUÇÃO DOS BENS DA PESSOA JURÍDICA CONTRATADA PELO PODER PÚBLICO, incluindo a DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA COM O REDIRECIONAMENTO DO FEITO EXECUTIVO PARA OS BENS DOS SÓCIOS.

Características
ISBN 978-85-65826-05-1
Número de páginas 54
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
0 comentários