Ágape
O verdadeiro Amor é ilógico
Categorias
Mensagens
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3525 vezes desde 05/02/2011
Versão
impressa
R$ 33,14
Valor total:
R$ 33,14
Valor total:
R$ 33,14
Sinopse

Cada vez mais se fortalece o caráter descartável dos sentimentos, numa sociedade que preconiza aquilo que é substituível. E vemos que estes sucessivos descartes de sentimentos aumenta no nosso depósito o lixo, e já não temos onde colocar tantos dejetos. A longo prazo ficamos mais egoístas e individualistas e não sabemos mais diferenciar o que sentimos, não temos certeza de mais nada!

O reflexo disto na sociedade é catastrófico. Cada um de nós é uma pedra nesta construção e se tem uma pedra com problema, com certeza toda a construção se desestabiliza. Perdemos a fé e só cremos no que nos propõe a ciência, os meios de comunicação nos educam para sermos analfabetos políticos e sociais, somos massificados pela moda que nos dita como nos portar, vestir e até o que comer, perdemos a referencia de tudo de modo que até Deus é relativizado. Este pequeno manual tem como objetivo promover a reflexão de temas que atingem a todos e que por descuido nem sempre conseguimos perceber.

Características
Número de páginas 96
Edição 1 (2009)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 29,75
Ebook
R$ 14,42
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,55
Ebook
R$ 18,73
Impresso
R$ 45,84
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 49,40
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 33,93
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 35,41
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 34,44
Ebook
R$ 17,64
Impresso
R$ 36,93
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 39,64
Ebook
R$ 20,88
Ebook
R$ 16,55
Comentários
1 comentários
Terça | 06.10.2009 às 15h10
Dizem por aí que religião não se discute, mas não se discute porque não se conhece. E como poderemos desenvolver um senso religioso se não sabemos nada sobre o assunto? A proposta deste livro é reacender a chama da religiosidade que se encontra quase extinta neste mundo pós moderno, onde tudo é relativizado.