Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
CÂNCER INFANTIL
As relações Familiares estabelecidas apartir de um diagnóstico de câncer infantil
Categorias
Psicologia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5089 vezes desde 21/03/2011
Versão
impressa
R$ 39,25
Valor total:
R$ 39,25
Versão
ebook
R$ 13,99
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 39,25
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O Câncer é uma doença que, mesmo com os constantes avanços tecnológicos na sua detecção e tratamento, pode ser considerado como uma doença temida e fortemente associada à morte. Desse modo a partir do diagnóstico, tanto a família quanto a criança passam por danos psicológicos significativos. Diante disso, a presente pesquisa foi desenvolvida com o intuito de conhecer as relações familiares que são estabelecidas a partir de um diagnóstico de câncer infantil, bem como caracterizar a incidência de neoplasias que são freqüentes na infância; identificar como a família recebeu o diagnóstico de câncer infantil; identificar a percepção dos familiares sobre o câncer infantil; analisar as relações entre os familiares após o diagnóstico de câncer infantil e verificar de que forma os familiares expressam suas emoções frente o diagnóstico de câncer infantil. Pode-se perceber a partir da pesquisa realizada que o diagnóstico de câncer infantil pode modificar as relações familiares, bem como a percepção e o impacto que este diagnóstico causa na família. As informações obtidas através destes trabalhos científicos, sobre câncer infantil, permitiram compreender diferentes características sobre esta enfermidade, bem como as conseqüências que ela deixa sobre o contexto familiar. Neste sentido a pesquisa possibilitou mapear dados sobre a criança com câncer e a família da criança com câncer, para que assim fosse possível compreender todo o processo de adoecimento, bem como, verificar as possíveis estratégias de intervenção psicológica que podem proporcionar apoio e acolhimento à criança e a família.

Características
Número de páginas 72
Edição 1 (2011)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Vanessa Fátima Sagais

Nascida em Lages SC. Formada em Psicologia, pela Universidade do Planalto Catarinense-UNIPLAC. Atualmente segue se especializando na área Organizacional. Sobre os assuntos relacionados ao câncer, em especial na infância, tem um grande interesse em saber e pesquisar estudos correspondentes ao mesmo. Para tanto este estudo sobre o câncer infantil se dá para percebermos o impacto significativo que este diagnóstico proporciona na vida familiar. Este estudo vem corroborar com estudos anteriores na importância do acompanhamento psicológico, tanto para a família quanto para a criança.

Comentários
1 comentários
ilisabete
Quarta | 23.03.2011 às 23h03
Ler e saber pelo qual motivo levou a Vanessa fazer este assunto faz com que ,eu, como mãe, admire cada vez mais minha filha,pois nós sabemos o quanto é doloroso passar por situações com pessoa com câncer na familia.Parabéns filha,você provou que o sofrimento, a perda de um anti querido não deixou você sem acão e sim fortaleceu cada vez mais sua vontade e força de querer ajudar as pesssoa que necessitam de esclarecimento e uma palavra de conforto.