ENSINAMENTOS DE UM MESTRE PETHÖ SÁNDOR
Categorias
Psicoterapia, Psicologia Clínica, Inspiração E Crescimento Pessoal, Psicologia, Desenvolvimento Humano, Corpo, Mente E Espírito
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 233 vezes desde 26/08/2020
Versão
impressa
R$ 41,01
Valor total:
R$ 41,01
Valor total:
R$ 41,01
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Os textos deste livro referem-se a transcrições de aulas do professor Sándor, ministradas no ano de 1987. É uma pequena amostra de seu imenso trabalho.

Pethö Sándor, médico e psicoterapeuta junguiano, foi o criador da Calatonia e Toques Sutis. Seu profundo conhecimento da obra de Jung, mais a compreensão da participação do corpo no equilíbrio psíquico, lhe permitiu associar a psicoterapia analítica com a vivência corporal: a Integração fisiopsíquica.

Uma das exigências para participação no curso era uma experiência profissional de pelo menos cinco anos. O curso era aberto aos profissionais de saúde que se propunham a ajudar pessoas a se reequilibrar, conhecer seus recursos pessoais e colocá-los em prática. Devido à diversidade da experiência profissional dos participantes do curso, foi possível haver trocas amplas. Com isso, as aulas puderam atingir um nível de excelência que justifica sua publicação.

Mediante textos ou temas propostos em aula, ele ampliava para reflexões, pensamentos e conhecimentos elaborados por ele ao longo de sua vida e experiências pessoais. Isto permitia uma amplificação de consciência e um repensar de nossos hábitos, condicionamentos, limites mentais e valores.

Os temas abordados tratam basicamente da Psicologia Analítica de Jung e do trabalho corporal, embora se possa notar que, em muitos momentos, o professor Sándor lançava luzes que abriam novas perspectivas além dos parâmetros da própria Psicologia e que poderiam ser frutíferas para novos estudos.

Características
ISBN 978-65-000-7678-3
Número de páginas 245
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
0 comentários