Estratégia de Um Genocida Brasileiro
Eliminando os Grupos de Risco
Categorias
Tomada De Decisão E Resolução De Problemas, Política Pública, Liberdade Política & Segurança, Economia, Direito, Ciência Política
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 115 vezes desde 14/04/2020
Versão
impressa
R$ 52,08
Valor total:
R$ 52,08
Versão
ebook
R$ 21,53
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 52,08
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Imaginávamos que essa pandemia era algo dos chineses e que lá ficaria. Entretanto aos poucos casos foram surgindo nas américas e logo as mortes.

Países que negaram o problema hoje apresentam milhares de perdas de vidas diárias nas estatísticas.

Nos Estados Unidos apesar da visão otimista de enfrentamento da pandemia e da negação inicial de Trump logo ele mudou sua estratégia política inclusive bancando auxílio desemprego e o pagamento de 1.200 dólares para os desempregados.

Aqui no Brasil entretanto, nosso Presidente da República escolheu o caminho da política de genocídio e abriu as portas com seus maus exemplos a pandemia e mandou todo mundo ir trabalhar e parar de frescura.

Ele até parou de usar o termo “gripezinha”...Isso não quer dizer que ele mudou de opinião. Ele está decidido a permitir que todos passem pela infecção do Coronavírus pois acredita que apenas os grupos de risco chegarão a ter índices maiores de óbitos e que esses óbitos não podem parar toda uma economia, que o trabalho é mais importante que vidas humanas e agindo dessa forma configura sua política como genocida sem sombra de dúvidas.

Apoiado por uma direita facista e radical levará milhares a morte e eliminará milhares de idosos do sistema o que garantirá ao Tesouro uma grande economia no futuro já que estas pessoas que irão a óbito deixarão de fazer parte dos beneficiários do INSS e como são grupos de risco que principalmente sofrerão vale a pena bancar o vírus assassino que elimina os mais idosos e os mais vulneráveis que na visão dele não prestam para nada mesmo.

Muitos tem comparado nosso Presidente da República a um nazista em charges, criticando dessa forma suas políticas contra o assistencialismo pois com certeza este governo não tem nada de assistencialista.

Este governo tem sim um forte caráter de instituição religiosa evangélica que veio para cobrar o dízimo e bancada por eles e seus milhões de seguidores aplaudem de pé o “messias”...

Bem vindo a realidade brasileira!

Características
Número de páginas 122
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Carlos Neher

Carlos Neher é músico profissional e atua na área de shows palestras ministrando sobre temas nas área de saúde, especialmente sobre dependência química, HIV/AIDS e saúde mental. Ministra palestras também na área de segurança pessoal individual, principalmente sobre comportamento em Festas e Baladas. Neher teve problemas recentes com o desparecimento de uma pessoa de seu relacionamento familiar e atua nessa área para promover a conscientização dos perigos da noite. Ministra palestras para empresas e instituições em eventos CIPA/SIPATs.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 38,59
Ebook
R$ 18,30
Impresso
R$ 39,20
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 37,38
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 33,99
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 33,83
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 34,74
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 34,12
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 44,09
Ebook
R$ 24,75
Impresso
R$ 33,66
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 51,75
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 42,16
Ebook
R$ 16,14
Comentários
0 comentários