Mas a praça ainda está vazia
Código do livro: 384986
Categorias
Psicologia Fisiológica, Filosofia / Religião, Bíblia, Religião, Psicologia, Filosofia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 155 vezes desde 12/07/2021
Versão
ebook
R$ 35,95
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 35,95
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Esta obra literária enfatiza a imaginação em que o mundo dos sentimentos e o mundo da razão se encontram, desenrolando batalhas e, ao final, a vitória da imaginação prevalece, graças ao conhecimento universal, que transforma as cinzas em adubo, em fermento para o crescimento, em que todos possam evoluir e elevar o seu padrão de vida, longe da extrema pobreza e longe da disparidade social.

A vida torna-se sempre bem aceitável, quando sabemos como ela funciona.

Se formos generosos e os nossos pensamentos se focalizarem

na doação do amor incondicional para com todos e para com tudo, tornamo-nos livres e a cura se inicia, pois ao doar, acionamos a fonte de poder existente dentro de nós. E é necessário que soltemos a programação, a qual nos oprime, tirando-nos a liberdade de criar, agir e conectar-se com o divino existente dentro de nós, para vivermos sem medos e sem conflitos, progredindo cada vez mais.

Características
ISBN 9786599478741
Número de páginas 278
Edição 1 (2021)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Colorido
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Salvatore Li Voti

Salvatore Li Voti, nasceu em 1943, Palermo, na Itália, em tempos da segunda guerra mundial, acontecendo também na sua cidade. Teve uma infância e adolescência com muitas privações por conseqüência dessa guerra. Formou-se pela Escola de Eletrônica, como técnico eletrônico.

Veio para o Brasil, São Paulo, em 1968, com 25 anos de idade.

Casou-se em 1971 com Ivone Lisoski, professora do Ensino Básico, e tiveram um casal de filhos: Marco Tullio e Patrícia Cristina.

Trabalhou como técnico eletrônico nos navios das Indústrias Matarrazo e nas Emissoras de Rádio supervisionadas pela Empresa Telavo.

Em uma grande reviravolta da vida, tentou voltar a morar na Itália, levando consigo a família toda, em 1991, onde o filho Marco Tullio, já com 18 anos, iniciou a faculdade de Direito (Jurisprudência) em Palermo. Ao terminá-la em julho de 1995, Salvatore retornou ao Brasil com a esposa e a filha com 19 anos, onde ela completou o Ensino Médio e depois cursou Faculdade de Administração.

Neste retorno ao Brasil, Salvatore não quis mais trabalhar com eletrônica. Investiu seu tempo e talento como comunicador, assumindo uma grande mudança, transmutando o medo e lutando em conjunto com a sua esposa Ivone, para resolver os problemas e dificuldades que a vida no dia a dia, lhes apresentava.

E nesse tempo de comunicador, procurou reunir idéias para escrever este livro “ ...e a praça ainda está vazia”, onde expõe o desejo de compartilhar informações e experiências e dá orientações, com um desejo de ser útil a todos quantos possam lê-lo, a fim de se conscientizarem que todos podem evoluir e elevar o seu padrão de vida; não se deixar levar pelas idéias dos outros, e sim pensar e debater com o seu próprio raciocínio, para chegarem à conclusão de que somos “agentes de transformação” da nossa sociedade e do nosso destino.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários