MILTON LE COCQ e PERPÉTUO DE FREITAS

Dois “tiras” da pesada

Por Líbero Penello de Carvalho Filho

Código do livro: 664617

Categorias

Literário, Histórico, Criminosos E Foragidos, Não Ficção, Crimes Verídicos, Biografia

Compartilhe este livro
Esta página foi vista 85 vezes desde 10/04/2024
Versão
impressa
R$ 118,75
Valor total:
R$ 118,75
Versão
ebook
R$ 27,01
Leia em Pensática
Valor total:
R$ 118,75
Este ebook também pode estar à venda na:

Sinopse

Foi na Favela do Esqueleto que nasceu Manoel Moreira, o Cara de Cavalo, em 22 de abril de 1941. O assassino de Milton Le Cocq se tornou o nome mais famoso daquele lugar. Começou sua carreira no crime vendendo maconha na Central do Brasil e, algum tempo depois, dominava parte do jogo do bicho na região de Vila Isabel. A caçada a Cara de Cavalo após este ter assassinado Milton Le Cocq ficou famosa por ter adquirido proporções nacionais. A cobertura da imprensa na época foi hollywoodiana (para não dizer exagerada e fantasiosa). Quando Cara de Cavalo morreu, em 03 de outubro de 1964, na região de Cabo Frio, Rio de Janeiro, tinha 23 anos de idade e de crimes. Era um mundo, um Brasil, um Rio de Janeiro muito diferente da realidade atual. A insegurança pública gerada pela saída da capital federal do Rio de Janeiro rumo a Brasília ainda não se fizera sentir com toda sua força. Havia “favelas”, e não “comunidades”. Os criminosos ainda tinham CPF, e não o CNPJ clandestino das facções e milícias que infestaram os morros cariocas com seus fuzis e organização paramilitar.

Características

Número de páginas 145
Edição 1 (2024)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Colorido
Tipo de papel Couche 150g
Idioma Português

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Líbero Penello de Carvalho Filho

Delegado de Polícia Civil do Espírito Santo

Professor. Escritor. Pesquisador. Especialista em Direito e Processo Penal e do Trabalho.

Membro do Instituto Brasileiro de Administração do Sistema Judiciário - IBRAJUS.

Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo.

Membro da Academia de Letras Jurídicas do Espírito Santo.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários