O Violino na Música Contemporânea Brasileira
Um manual de técnicas estendidas
Código do livro: 349470
Categorias
Didáticos, Educação, Música, Composição, Instrução & Estudo, Instrumentos Musicais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1344 vezes desde 01/12/2020
Versão
impressa
R$ 54,88
Valor total:
R$ 54,88
Versão
ebook
R$ 41,33
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 54,88
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Em sua primeira edição, o livro de Ana de Oliveira traz o resultado de sua pesquisa teórica e prática sobre técnicas estendidas para o violino baseada em composições de autores contemporâneos brasileiros. A pesquisa deu início em sua vivência com este repertório durante sua trajetória profissional e se desdobrou em sua dissertação na Uni-Rio em 2018.

Ana de Oliveira é mestre em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e graduou-se na classe de Rainer Kussmaul na Escola Superior de Música em Freiburg, Alemanha.

Características
ISBN 978-65-991-5294-8
Número de páginas 123
Edição 1 (2020)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Ana de Oliveira

A violinista brasileira Ana de Oliveira é mestre em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e graduou-se na classe de Rainer Kussmaul na Escola Superior de Música em Freiburg, Alemanha, onde viveu por nove anos. Foi também aluna de Lola Benda e Uwe Kleber no Brasil e Federico Agostini na Alemanha.

Apresentou-se como solista com diversas orquestras no Brasil e na Europa e como camerista em importantes festivais, entre eles Montreux (Suíça), La Villette (França), Warschauer Herbst (Polônia), Donaueschingen (Alemanha), Campos do Jordão, MIMO e Festival Villa-Lobos.

No Brasil, desenvolveu uma carreira diversificada e abrangente, atuando como spalla da Orquestra Sinfônica Brasileira durante uma década, criando e liderando vários grupos de câmara como primeiro violino, participando como solista e spalla em diversas gravações de música brasileira e de trilhas sono- ras, também exercendo a coordenação pedagógica do Festival MIMO desde sua criação.

Ana de Oliveira foi spalla da Camerata Rio Strings, com a qual gravou três CDs: Natal Barroco, Retratos do Brasil e o festejado Fantasia brasileira (Biscoito Fino), indicado ao Grammy em 2005. Atuou como spalla convidada de diversas orquestras brasileiras.

Realizou a primeira audição no Brasil de importantes obras de compositores dos séculos XX e XXI como o Concerto para violino de Mário Tavares, Eterna para violino e cordas de Egberto Gismonti (de quem também estreou obras de câmara), Concerto duplo para violino e viola de Benjamin Britten, Dreamscapes para violino e cordas de Clarice Assad, Nordestina para violino e cordas de Carlos dos San- tos, Quarteto de cordas n.1 e Trio para violino, violoncelo e piano de Charles Ives, entre outras.

É violinista do Trio Puelli desde 2009, grupo dedicado à pesquisa e registro de obras dos séculos XX e XXI. O conjunto lançou três elogiados CDs: Primma, 3 Américas e o mais recente, dedicado à integral das obras para trio de Radamés Gnattali,lançado em 2018 pelo Selo SESC.OTrio Puelli tam- bém está presente no CD Música Nova, lançado pelo Selo SESC em 2017.

É professora master no Projeto Música nas Escolas de Barra Mansa, e ministra aulas em diversos festivais brasileiros como convidada.

Atua ainda como spalla da Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense, bem como lidera seu trio de cordas. Possui também um duo com o compositor e multi-instrumentista Sérgio Ferraz, com o qual lançou em 2019 o CD Carta de Amor e Outras Histórias, muito elogiado pela crítica especializada. Em 2020 lança seu primeiro CD solo, Dragão dos Olhos Amarelos, que marca sua estreia como autora.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários